Procon do Rio faz operação para combater ilegalidades na venda de ovos de chocolate

Fonte Agência Brasil 22/03/2013 às 9h

 

Rio de Janeiro - Com os preparativos para a comemoração da Páscoa, o Procon do Rio de Janeiro fez hoje (21) uma fiscalização nos principais centros comerciais de vendas de ovos de chocolate para coibir irregularidades nos produtos.

Dos seis estabelecimentos autuados pelo Procon, dois supermercados não apresentavam o preço e nem informação ao consumidor nos ovos de chocolate. A operação determinada pela Secretaria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor, foi batizada de Sansão, uma homenagem ao coelhinho da Mônica, personagem do Maurício de Souza, que completa 50 anos, e uma alusão à época da Páscoa.

De acordo com o coordenador da operação, Marco Antônio da Silva, o objetivo é evitar que os consumidores sejam lesados no preço e na qualidade e peso do produto vendido. “Nossas ações foram concentradas nas adequações dos produtos, como indicação de brinquedos, se tem o selo do Inmetro [Instituto Nacional de Metrologia], verificação da faixa etária, além da indicação do peso do chocolate”, explicou.

Para a secretária estadual de Proteção e Defesa do Consumidor, Cidinha Campos, a operação foi importante a fim de combater as ilegalidades cometidas por comerciantes inescrupulosos, como por exemplo, não expor preços em vitrines, induzindo o consumidor à compra e ausência de informações em produtos. "Vamos continuar intensificando as fiscalizações do Procon. O consumidor precisa ser respeitado”, disse.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 22/03/2013 ás 9h

Compartilhe

Procon do Rio faz operação para combater ilegalidades na venda de ovos de chocolate