PROAGNÊNCIA II é lançado com videoconferência para todo o Brasil

Fonte Karla Queiroz 19/11/2009 às 0h
A ABAV e o SEBRAE Nacional lançaram oficialmente ontem, na sede do SEBRAE/SP, o PROAGÊNCIA II - Programa de Desenvolvimento Setorial em Agenciamento e Operações Turísticas. O evento, realizado por videoconferência, foi acompanhado por representantes das ABAVs estaduais e DF e gestores da área de turismo dos SEBRAEs UFs em todo o Brasil.

 

Na abertura do encontro, o diretor Técnico do SEBRAE Nacional, Luiz Carlos Barboza, destacou o sucesso da primeira etapa do Programa.

 

“A primeira parceria foi muito bem sucedida. Atingimos um número importante de agências de viagens com cursos de capacitação e de aprimoramento na gestão. Esse trabalho é fundamental para o crescimento profissional e o desenvolvimento do Turismo”, ressaltou Barboza, acrescentando que o PROAGÊNCIA II irá intensificar ainda mais o trabalho para que ultrapasse os objetivos traçados.

 

Para o presidente da ABAV Nacional, Carlos Alberto Amorim Ferreira, “a continuidade do Programa mostra o acerto e a necessidade de capacitação constante dos agentes de viagens”.

 

Ao falar das metas do PROAGÊNCIA II, Ferreira deixou claro que esse não é um projeto só da ABAV e SEBRAE Nacional, mas de todas as ABAV e SEBRAEs do País.

 

“O sucesso do PROAGÊNIA II depende de engajamento e atuação conjunta”, salientou.

 

Baseado em três pilares – Destinos Indutores, Copa do Mundo e Acesso a Mercados, o PROAGÊNCIA II visa estar presente em todo o Brasil, capacitando cada vez mais profissionais e empresas. Além das oficinas de disseminação do conhecimento e do curso Gestão de Estratégica, que estão previstos para todos os estados, serão disponibilizados também diversos curso de Educação à Distância (EaD).


“Com a consolidação dos cursos à distância, nosso objetivo é alcançar um universo de 75 mil profissionais e 11 mil agências, associadas ou não à ABAV,”, especificou o presidente da ABAV/PR e diretor do ICCABAV, Instituto que será responsável pela execução do PROAGÊNCIA II, Antonio Azevedo, acrescentando que, na primeira fase, o PROAGÊNCIA atingiu aproximadamente mil agências de turismo e 4,5 mil profissionais do setor.

O fortalecimento da rede de distribuição da cadeia produtiva do turismo, através de ferramentas tecnológicas capazes de possibilitar estratégias de inovação aos Agentes de Viagens, também são metas do PROAGÊNCIA II.

Para isso está prevista a criação da Central de negócios - modelo de consórcios unindo diferentes Agências de Viagens de porte micro e pequeno para atuar em operações de compras, comercialização e acesso ao crédito junto ao trade turístico. 

 

A questão do Micro Empreendedor Individual (MEI) também será cuidada durante o Programa com a criação um kit de orientação, disponibilizando ao profissional material para nortear sua formalização no mercado.

Os primeiros cursos começam na primeira semana de setembro e terão abrangência nacional, com atuação conjunta das 27 ABAVs  e dos 27 SEBRAEs UFs.

O público alvo do PROAGÊNCIA II são micros e pequenos empresários, gestores, coordenadores, encarregados e trabalhadores do setor, em especial os que atuam nas atividades de agenciamento e operações do turismo receptivo.
Karla Queiroz
Fonte Karla Queiroz 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

PROAGNÊNCIA II é lançado com videoconferência para todo o Brasil