Primeiro-ministro eleito do Paquistão quer negociar com o Taliban

Fonte Ansa flash 21/05/2013 às 20h

"Queremos utilizar todas as opções possíveis e todas as questões têm que ser colocadas na mesa para encontrar uma solução", disse Nawaz Sharif

ISLAMABAD, 21 MAI (ANSA) - O primeiro-ministro eleito do Paquistão, Nawaz Sharif, declarou hoje que, para alcançar a paz no país, "não existe alternativa" além de promover "negociações com o Taliban".

"Queremos utilizar todas as opções possíveis e todas as questões têm que ser colocadas na mesa para encontrar uma solução", disse Sharif.

Em um encontro com os parlamentares de sua bancada - a Liga Muçulmana Paquistanesa (PML-N) -, que foram eleitos na Assembléia Nacional, Sharif explicou que uma "abertura para os insurgentes antes do voto, disponibilizando o diálogo, tem que ser seriamente considerada".

Ilustrando a estratégia de seu partido em relação ao grupo Tehrek-e-Taliban Pakistan (TTP), os talibans paquistaneses, o futuro chefe de Governo insistiu que "os projéteis não são uma solução".

Sharif ainda ressaltou que mais de 40 mil pessoas morreram até hoje em decorrência dos confrontos no país, que foram gastos bilhões de dólares e que a economia paquistanesa foi arruinada por causa da falta de vontade de negociar a paz com os talibans.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 21/05/2013 ás 20h

Compartilhe

Primeiro-ministro eleito do Paquistão quer negociar com o Taliban