PRF: mais de 3,2 mil crianças foram retiradas de situação de risco de exploração sexual nos últimos sete anos

Fonte Agência Brasil 18/05/2012 às 16h
Nos últimos sete anos, 3.251 crianças e adolescentes foram retirados de situação de risco de exploração sexual nas rodovias do país por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). É o que revela o Mapeamento dos Pontos Vulneráveis à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Federais Brasileiras divulgado hoje (18) pela PRF.

Pelo levantamento, nos primeiros quatro meses deste ano, 120 crianças e adolescentes foram retirados de situação de risco. No ano de 2011, esse número chegou a 543. Já em 2010, 511 crianças e adolescentes foram resgatados de áreas onde havia risco de exploração.

De acordo com o levantamento, no biênio 2009/2010, foram identificados 1.820 pontos vulneráveis à prática de exploração sexual de crianças e adolescentes. Em 2011, a Polícia Rodoviária Federal constatou que 73 desses locais tornaram-se efetivamente pontos de ocorrência de exploração e 179 foram alvo de ações policiais com a finalidade de resgatar os menores e responsabilizar os exploradores.

A diretora-geral da PRF, Maria Alice Nascimento, ressaltou que toda a sociedade precisa estar envolvida no combate a essa prática criminosa. “Precisamos que todos os parceiros estejam engajados, desde as secretarias de direitos humanos e todos os que compõem esses grupos de trabalho. Também precisamos muito da parceria dos nossos motoristas, dos caminhoneiros. É preciso que toda a sociedade participe para juntos enfrentarmos esse problema social grave”, pontuou.

 

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 18/05/2012 ás 16h

Compartilhe

PRF: mais de 3,2 mil crianças foram retiradas de situação de risco de exploração sexual nos últimos sete anos