Presidente mexicano visitará a Colômbia e o Uruguai na próxima semana

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O presidente mexicano, Felipe Calderón, realizará na próxima semana uma viagem à Colômbia e Uruguai, países onde se reunirá com seus respectivos pares, Álvaro Uribe e Tabaré Vázquez.

Calderón chega a Bogotá na próxima quarta-feira (12) e permanece por dois dias em visita oficial. Ele vai se encontrar com Uribe para estreitar as relações comerciais binacionais e os dois devem reforçar o esforço mútuo para enfrentar o crime organizado e o narcotráfico.

Os presidentes participarão também da abertura da Feira Internacional do Livro da Colômbia, que tem este ano o México como país convidado de honra.

No dia 13, antes de partir para o Uruguai, Calderón se reunirá com o presidente da Suprema Corte de Justiça, Augusto Ibañez, com representantes do Congresso e com o prefeito de Bogotá, Samuel Moreno.

Na sexta-feira (14), ele chega a Montevidéu, onde pretende ficar por 36 horas. Logo pela manhã, Calderón terá uma reunião a portas fechadas com Vázquez na antiga sede da presidência, o Edifício Independência. Ao término do encontro, os presidentes devem firmar acordos e participarão de uma coletiva de imprensa.

No mesmo dia, Vázquez e Calderón visitarão a Escola México e vão entregar o computador de número 300.000 do Plano Ceibal, que promove a inserção digital com a doação de notebooks a estudantes uruguaios.

Ainda na sexta-feira, o mexicano irá à Assembléia Geral, onde se encontrará com o vice-presidente do Uruguai, Rodolfo Nin Novoa, e depois fará um discurso para os legisladores uruguaios.

Calderón visitará ainda a Suprema Corte de Justiça e a Prefeitura de Montevidéu, onde também receberá, do prefeito Ricardo Ehrlich, as chaves da cidade. A viagem termina com um jantar na residência presidencial do bairro do Prado.

No sábado (15), o mandatário mexicano irá conhecer a sede da Associação Latino-Americana de Integração (Aladi). Seu retorno ao México está previsto para as 10h20 locais.

Há pouco mais de um ano, em junho de 2008, Vázquez viajou ao México e pronunciou-se em defesa da integração do país ao Mercosul e à União de Nações Sul-Americanas (Unasul).

"Queremos o México no Mercosul e na Unasul, porque precisamos", disse na ocasião, defendendo que, na tarefa de integração regional, o México tem "um papel importantíssimo, porque tem autoridade própria e reconhecimento internacional".
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Presidente mexicano visitará a Colômbia e o Uruguai na próxima semana