Presidente Lula lamenta morte de ministro do STF

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou hoje (1º) a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Alberto Menezes Direito. Em nota de pesar divulgada agora há pouco, ele afirma que o ministro sempre atuou com “brilhantismo e elevado espírito público”.

“Profundo conhecedor do Direito, fundamentava seus votos com muito critério, objetividade e consistência. Sua discrição e sobriedade emprestavam mais força às posições que adotava”, diz o presidente Lula, na nota.

Lula, que tem viagem programada ao Rio de Janeiro para participar de eventos na tarde e noite de hoje, deve ir ao velório de Menezes Direito, no Centro Cultural da Justiça Federal, antiga sede do STF, na região central da capital fluminense.

O ministro faleceu nesta madrugada, aos 66 anos, por complicações provocadas por um câncer no pâncreas. Desde maio, ele estava afastado do trabalho para tratamento médico. Direito foi indicado por Lula, em 2007, para ocupar a vaga aberta no STF com a aposentadoria de Sepúlveda Pertence.


O STF, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) cancelaram as sessões previstas para hoje por causa da morte de Menezes Direito.
Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Presidente Lula lamenta morte de ministro do STF