Presidente eleito do Paraguai ficará de repouso devido a problemas na coluna

Fonte Agência Brasil* 24/04/2013 às 9h

Brasília – Eleito há cinco dias, o futuro presidente do Paraguai, Horacio Cartes, de 56 anos, sofre com dores intensas nas costas provocadas por uma hérnia de disco. Ele recebeu recomendação médica para ficar de repouso e reduzir as atividades. Na véspera das eleições, no dia 20, Cartes reclamou das dores e fez uma ressonância magnética que constatou o problema de saúde.

Cartes foi eleito no dia 21, com 45, 92% dos votos. O segundo colocado foi Efraín Alegre (Partido Liberal), que obteve 37%. A eleição de Cartes foi reconhecida pela União de Nações Sul-Americanas (Unasul) e vários líderes da região, entre eles a presidenta Dilma Rousseff.

"Com os resultados dos exames, seus médicos particulares concluíram que Cartes sofre de hérnia de disco. A primeira recomendação foi repouso absoluto e, posteriormente, um tratamento específico para sua pronta recuperação", diz comunicado divulgado pela assessoria.

O texto diz ainda que "o presidente eleito espera a compreensão [de todos] sobre as limitações causadas por problema transitório de saúde, que levará à suspensão temporária de suas atividades nos próximos dias, por recomendação médica”.

Segundo assessores, Cartes teve dores repentinas, depois de um ato político, e procurou seu médico particular, Antonio Barrios. Barrios submeteu-o a exames no Centro Médico Codas Thompson, de Assunção.

*Com informações da agência pública de notícias do Paraguai, Ipparaguay.

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 24/04/2013 ás 9h

Compartilhe

Presidente eleito do Paraguai ficará de repouso devido a problemas na coluna