Presidente e três diretores tomam posse na INB

Fonte Ascom da INB 13/04/2013 às 15h
O novo presidente das Indústrias Nucleares do Brasil, Aquilino Senra, afirmou hoje (12) que sua maior responsabilidade maior à frente da empresa é preservar as conquistas do passado e promover as transformações necessárias para que a INB esteja preparada para os desafios dos próximos anos.

 

A cerimônia de posse de Senra e da nova diretoria ocorreu nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro, e foi presidida pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp. Durante o evento, três diretores assumiram os cargos: Flavio da Cunha (Finanças e Administração), Marcos Antonio de Oliveira (Recursos Minerais) e Renato Vieira da Costa (Produção do Combustível Nuclear). Empresários e personalidades do setor nuclear e do meio acadêmico estiveram presentes.

Para o ministro, a constituição de uma nova diretoria “é um ato de destaque no novo cenário do Programa Nuclear Brasileiro”. “Precisamos dar à energia nuclear a importância correspondente à sua imensa capacidade de contribuir para o desenvolvimento do Brasil”, observou.

Senra classificou como “inaceitável” o fato de o Brasil atualmente importar urânio natural, quando possui a sétima maior reserva do minério no planeta. “É uma situação que necessita ser revertida urgentemente, mesmo sabendo-se da demora no licenciamento e execução de novos projetos de produção de urânio”.

Segundo Raupp, está prevista a criação de uma agência reguladora da área nuclear. “Em breve teremos uma nova agência, focada em licenciar e fiscalizar os usos da tecnologia nuclear no Brasil”.

 

 

Ascom da INB
Fonte Ascom da INB 13/04/2013 ás 15h

Compartilhe

Presidente e três diretores tomam posse na INB