Presidente da Fiesp defende medidas compensatórias contra oscilações do dólar

Fonte Agência Brasil. 19/11/2009 às 0h
O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, admitiu hoje (16) que as oscilações cambiais que favorecem a valorização do real preocupam o setor empresarial, apesar de o cenário macroeconômico do país apontar perspectivas de crescimento. “É um entrave”, disse ele.

No entanto, Skaf manifestou-se confiante na adoção de medidas compensatórias pelas autoridades brasileiras como, por exemplo, barrar a entrada de importados que concorrem com produtos nacionais. No início da tarde de hoje, o dólar estava cotado em R$ 1,711 ante o valor de R$ 1,729 do fechamento de sexta-feira (13).

Para ele, foi válida a recente medida do governo brasileiro de taxar com o Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) a entrada do capital estrangeiro especulativo no mercado financeiro. Sem isso, afirmou Skaf, as variações em queda poderiam ter atingindo nível maior.
Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Presidente da Fiesp defende medidas compensatórias contra oscilações do dólar