Presidenta Dilma diz que não fala mais sobre juros

Fonte Agência Brasil 23/04/2013 às 20h

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff reafirmou hoje (23) que a economia brasileira é robusta e que o governo está atento a todas as suas características, como a taxa de investimento, que precisa aumentar para atingir a meta de dobrar a renda per capita da população nos próximos 15 anos. Dilma ressaltou que o país tem um histórico de combate e controle da inflação. “O Brasil não negocia a com inflação, não flerta com a inflação”, disse em entrevista no Palácio do Planalto.

A presidenta anunciou que não comentará mais sobre juros, para evitar especulações. “Eu não vou em hipótese alguma – porque eu tenho responsabilidade presidencial – dar base para qualquer especulação. Então, não vou falar sobre coisas que não quero ver distorcidas

Na avaliação da presidenta, o país conseguiu atingir um patamar elevado de estabilidade macroeconômica em relação às contas públicas. “Por exemplo, nós não tivemos que fazer nenhum corte drástico como ocorre, por exemplo, nos Estados Unidos. Temos uma relação dívida/PIB das mais baixas do mundo”.

Segundo Dilma, a Lei dos Portos, que tramita no Congresso, pode trazer mais estabilidade ao país com a redução do custo Brasil. “No passado, o custo Brasil era o custo da insegurança que se tinha em relação à capacidade do Brasil de pagar a dívida externa. Hoje, o custo Brasil é uma questão do aumento da nossa competitividade. Temos de melhorar as condições da nossa infraestrutura, porque o país está em uma trajetória de construir um modelo de crescimento de longo prazo”.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 23/04/2013 ás 20h

Compartilhe

Presidenta Dilma diz que não fala mais sobre juros