Prêmio Vale-Capes elege melhores teses e dissertações em desenvolvimento sustentável

Fonte Coordenação de Comunicação Social da Capes 18/05/2013 às 13h

A cerimônia de entrega do prêmio Vale-Capes de Ciência e Sustentabilidade 2012 aconteceu na sexta-feira, 10, na sede do Instituto Tecnológico Vale (ITV), em Belém do Pará. A premiação contemplou as oito melhores teses e dissertações, que abordaram propostas inovadoras para questões ligadas ao desenvolvimento sustentável.

 

10mai13-PremioValeCapes 0035
Para Guimarães, Prêmio Vale – Capes deve ser exemplo para outras instituições (Foto: Instituto Tecnológico Vale)


O presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Jorge Almeida Guimarães foi responsável pela abertura do evento. Em sua fala inicial, Guimarães caracterizou o evento como um exemplo a ser seguido por outras instituições em prol da formação de recursos humanos. "Este prêmio é um esforço conjunto entre a Capes e a Vale e mostra que estamos reconhecendo a importância de formar quadros qualificados em face do desenvolvimento do país", disse.

 

Segundo o diretor de Energia e Institucional Pará da Vale, João Coral, a premiação trará frutos para a ciência brasileira. "Esperamos que as teses de mestrado sejam também trabalhos ganhadores no futuro e principalmente possam contribuir com a sociedade na gestão sustentável de nossos recursos", afirmou Coral.

Para o premiado, autor da tese "Síntese de Nanotubos de carbono a partir do reaproveitamento de resíduos sólidos carbonoso", Joner Oliveira Alves, o prêmio é o resultado de um intenso trabalho. "Receber uma premiação de uma instituição como a Capes é sempre uma grande honra, dada a idoneidade e grande prestígio das pessoas envolvidas. O reconhecimento por meio do "Prêmio Capes de Tese 2012" e "Prêmio Vale-Capes de Ciência e Sustentabilidade 2012", coroam um intenso trabalho de pesquisa que só foi possível devido ao incentivo de instituições como a própria Capes que apoiou o projeto através do edital Rede Nanobiotec-Brasil", disse Joner.

Também agraciado com o prêmio, Josué de Morais, autor da tese "O Efeito In Vitro de Extratos e Compostos Naturais em Schistosoma Mansoni", ressalta o caráter de incentivo desses prêmios. "Não tenho dúvidas de que prêmios como esses estimulam atividades de pesquisa dos alunos e professores, assim como dos Programas de Pós-Graduação", afirmou.

 

10mai13-PremioValeCapes 0094
Segundo o premiado Josué de Morais, prêmios como esse estimulam atividades de pesquisa (Foto: Instituto Tecnológico Vale)


Aula Inaugural

Na ocasião, o presidente da Capes ministrou ainda a aula inaugural do curso de mestrado em "Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais", primeiro curso de mestrado profissional oferecido pelo Instituto Tecnológico Vale (ITV).

 

Com o título "A importância da pós-graduação. Um destaque para o mestrado", a palestra tratou de aspectos como a empregabilidade do mestrado, o crescimento do número de mestrados profissionais, distribuição de titulados pelo Brasil e sua distribuição por gênero.

Para Guimarães, o curso inova em sua temática e coordenação. "O pioneirismo deste curso passa pela temática, mas também pela sua natureza, por ser um instituto de pesquisa não público, tomando como tema uma questão tão relevante para a região norte do país", explicou.
"Nossa maior satisfação, desde a criação do ITV, foi ter a aprovação da Capes para que começássemos a trabalhar. Nossa meta agora é fazer jus a esse voto de confiança e ir subindo nesta avaliação", disse o diretor científico do ITV, Luiz Silveira.

Prêmio Vale-Capes
O prêmio se refere às teses e dissertações defendidas no Brasil em 2011 e foi criado a partir de uma parceria entre a Capes e a Vale, firmada durante a conferência Rio +20. Contempla teses de doutorado e dissertações de mestrado que abordam ideias, soluções e processos inovadores para questões como redução do consumo de água e energia, redução de gases do efeito estufa (GEE), aproveitamento, reaproveitamento e reciclagem de resíduos e/ou rejeitos e tecnologia socioambiental com ênfase no combate à pobreza.

Os vencedores do prêmio na categoria tese de doutorado receberam R$ 15 mil e uma bolsa para realização de estágio pós-doutoral de até três anos em instituição nacional, podendo converter em um ano fora do país em uma instituição de notória excelência na área de conhecimento do premiado. Já os ganhadores na modalidade dissertação de mestrado receberam R$ 10 mil e uma bolsa para realização de doutorado em instituição nacional de até quatro anos.

Os orientadores também foram prestigiados, recebendo auxílio equivalente a uma participação em congresso nacional e internacional, relacionado à área temática da tese. No caso de mestrado, os orientadores receberam R$ 3 mil e os de doutorado, US$ 3 mil.

A todo foram inscritos 107 trabalhos, sendo 36 teses de doutorado e 71 dissertações de mestrado, defendidas e apresentadas em 2011, em 44 instituições de todo o Brasil.

Coordenação de Comunicação Social da Capes
Fonte Coordenação de Comunicação Social da Capes 18/05/2013 ás 13h

Compartilhe

Prêmio Vale-Capes elege melhores teses e dissertações em desenvolvimento sustentável