Premiação criada pelo governo cearense incentiva alfabetização

Fonte Ascom - MEC 21/05/2012 às 20h
 O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e o governador do Ceará, Cid Gomes, fizeram nesta segunda-feira, 21, a entrega do prêmio Escola Nota 10, criado pelo estado para contemplar as 150 unidades públicas com melhores resultados de alfabetização.

O critério para a premiação é o Índice de Desempenho Escolar – Alfabetização (IDE-Alfa). São considerados os melhores resultados do quinto ano. As escolas premiadas receberam troféu e prêmios em dinheiro – R$ 2.000 por aluno avaliado, pagos em duas parcelas. A primeira, de 75%, é imediata. A segunda é paga após um ano para as escolas que desenvolverem ações de cooperação técnico-pedagógica com uma das 150 escolas com menores resultados.

Para o ministro Aloizio Mercadante, a experiência do estado do Ceará serve de inspiração para o país. Ele adiantou que em breve será lançado pelo governo federal um programa nacional de alfabetização na idade certa. “O programa apoiará as iniciativas que já existem em alguns estados e terá outras ações com o objetivo de alfabetizar todas as crianças até os oito anos”, disse.

O governador Cid disse que o prêmio é uma ação universalizada que revela o desempenho de 8 mil estudantes e 184 municípios do estado cearense. Em 2007, somente 40% dos estudantes aprendiam a ler e escrever até o final do segundo ano da educação fundamental. Atualmente o índice de alfabetização entre os alunos da rede pública chega a 81,5%. “O diferencial é a motivação de professores, gestores, governantes, além de melhoria no material pedagógico e fiscalização”, afirmou.
Ascom - MEC
Fonte Ascom - MEC 21/05/2012 ás 20h

Compartilhe

Premiação criada pelo governo cearense incentiva alfabetização