Potencialidade agrícola atrai investimentos logísticos na Bahia

Fonte DFREIRE Comunicação e Negócios 24/05/2013 às 10h

Com 85% de market share no mercado baiano, Golden Cargo participará da Bahia Farm Show para estreitar ainda mais os negócios na região

São Paulo, maio de 2013 – Considerado o segundo maior produtor de algodão do Brasil e um dos maiores na produção de soja e milho, o Estado da Bahia tem atraído constantes investimentos para agregar valor à cadeia logística do agronegócio.

Acreditando na potencialidade da região, a Golden Cargo, empresa especializada no gerenciamento e operação da cadeia logística de mercadorias especiais como defensivos agrícolas e produtos químicos embalados, participará entre os dias 28 de maio e 1º de junho da Bahia Farm Show, a maior feira de tecnologia agrícola e negócios do Norte e Nordeste do Brasil.

A empresa conta com um Centro de Distribuição em Luís Eduardo Magalhães com 6,2 mil metros quadrados de área construída e capacidade de armazenagem para 8 mil posições paletes. No mercado baiano, a Golden Cargo tem 85% de market share na logística de defensivos agrícolas.

“Na Bahia, somos líderes absolutos. A região Norte e Nordeste representa mais de 50% dos negócios da Golden Cargo. Além disso, a fronteira conhecida como MAPITOBA, que compreende os estados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Oeste Baiano, tem potencial para se tornar a grande produtora agrícola do Brasil”, explica Mauri Mendes, diretor comercial da Golden Cargo.

Para 2014, a companhia investirá R$ 7 milhões em uma área de armazenagem de sementes, que terá capacidade para 350 mil sacas. A estrutura será dedicada à armazenagem e controle de estoques e transportes (captação e distribuição) em toda a Bahia e região.

“O polo de Luís Eduardo Magalhães representa 12% do faturamento da empresa e a expectativa é de que isso aumente ainda mais com os investimentos que estão sendo planejados. Há grande potencial de crescimento, tanto para o transporte de defensivos agrícolas quanto no armazenamento desses produtos para os grandes produtores”, finaliza Mendes.

Sobre a Golden Cargo
A história da Golden teve início há 18 anos, com a distribuição de cargas gerais para o Sul do Brasil. Em 1998, a empresa focou seus serviços no segmento agroquímico. Desde então, além de uma frota dotada dos mais avançados sistemas de rastreamento e monitoramento da carga e totalmente adequada ao alto grau de especialização exigido por este mercado, a Golden Cargo vem investindo em centros de armazenagem e distribuição situados nos principais polos agrícolas do país.

A companhia está equipada com toda tecnologia e know how necessários ao cumprimento das rigorosas normas mundiais de saúde, segurança e respeito ao meio ambiente, além da busca continua pela excelência no atendimento de seus clientes. Em 2012, a Golden Cargo registrou um faturamento de R$ 104,4 milhões.
Fotos da empresa disponíveis no link http://www.flickr.com/photos/goldencargotransportes

 

DFREIRE Comunicação e Negócios
Fonte DFREIRE Comunicação e Negócios 24/05/2013 ás 10h

Compartilhe

Potencialidade agrícola atrai investimentos logísticos na Bahia