Pós‐doutoramento no Instituto de Psicologia da USP

Fonte Agência FAPESP 11/04/2013 às 9h

 

 

O Laboratório de Psicofisiologia Sensorial do Instituto de Psicologia (www.ip.usp.br) da Universidade de São Paulo oferece vaga de pós‐doutor para estudar comunicação celular no sistema nervoso central por meio de técnicas eletrofisiológicas. O foco de pesquisa é a comunicação sináptica entre fotorreceptores e células bipolares retinianas em diferentes estados de adaptação.

O candidato deve possuir comprovada experiência em patch‐clamping e no uso de softwares de análise de dados de eletrofisiologia. A posição (sujeita a aprovação) se insere no Programa Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes da FAPESP e tem duração de um ano com possibilidade de renovação. O valor da bolsa é R$ 5.908,80 mensais.

Interessados devem enviar carta de interesse, currículo atualizado com lista de publicações e informações para contato de três referências para a professora Christina Joselevitch, coordenadora do projeto, pelo e‐mail: christina@usp.br.

Segundo Joselevitch, o sinal de dois tipos de fotorreceptores, bastonetes e cones, converge e interage ao nível das células bipolares. Para entender a natureza desta interação, as entradas de ambos para as células bipolares despolarizantes de entrada mista (mbON) devem ser manipuladas isoladamente.

"Duas abordagens serão utilizadas em fatias retinianas vivas. Na primeira, fotorreceptores e mbON serão registrados concomitantemente (patch‐clamp duplo) e as respostas das mbON a estimulação seletiva de um dos tipos de fotorreceptores através da manipulação direta de seu potencial de membrana serão estudadas", disse.

"Na segunda abordagem, apenas mbON serão registradas e as entradas de cones e bastonetes manipuladas de forma independente com luz ou fármacos, para determinar a influência de estimulação tônica de uma população de fotorreceptores sobre a outra ao nível das células bipolares, como durante a adaptação à luz", explicou Joselevitch sobre o projeto de pesquisa.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP (no valor de R$ R$ 5.908,80 mensais) e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

O bolsista de PD, caso resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de Bolsas de Pós-Doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.

Agência FAPESP
Fonte Agência FAPESP 11/04/2013 ás 9h

Compartilhe

Pós‐doutoramento no Instituto de Psicologia da USP