População crescente de milionários impulsiona o mercado imobiliário de luxo no Brasil

Fonte Visão Estratégica Comunicação 19/03/2013 às 10h

 

Banheira jacuzzi com hidromassagem, spa, sauna, piscina aquecida, pé direito duplo nas salas e sistema de aquecimento solar são importantes diferenciais para quem busca um imóvel de luxo no Brasil. Segundo levantamento do Banco Europeu Haliwell Financial Group, especializado em gestão de fortunas, o mercado imobiliário de altíssimo padrão tem potencial para gerar R$ 4,6 bilhões em negócios nos próximos cinco anos

 

Os valores das casas e apartamentos de luxo custam entre R$ 1 milhão e R$ 50 milhões.Em um período de 7 anos, entre 2003 e 2010, o número de brasileiros milionários (indivíduos com mais de US$ 1 milhão em ativos e dinheiro, excluindo o imóvel em que residem e até dois automóveis) cresceu 72%, totalizando um grupo de aproximadamente 135 mil pessoas. Entre eles, 54% pretendem adquirir um novo imóvel residencial nos próximos 5 anos.

 

De acordo com o diretor-geral da i-Uni Brasil, Rodrigo Caporrino, além da nova classe média brasileira que está consumindo mais e melhor, os corretores de imóveis devem prestar atenção no crescimento do número de brasileiros endinheirados e o potencial de compra dessa fatia da população. “O consumo do mercado de luxo vem crescendo vigorosamente nos últimos anos, impulsionado pelo crescimento da economia e financiamentos com taxas mais baixas, o que também repercurtiu nas vendas de imóveis de alto padrão”.

 

Como exemplo, o executivo destaca a redução das taxas de juros para a compra de imóveis acima de R$ 500 mil, estabelecida pelaCaixa Econômica Federal no final do ano passado. Para clientes que não possuem relacionamento e conta corrente no banco, as taxas de juros efetivas foram reduzidas de 9,9% para 9,4% ao ano. Para clientes que possuem relacionamento e conta salário na Caixa, as taxas caíram de 8,9% para 8,4% ao ano.

 

Imóveis comerciais - Outro dado relevante foi divulgado pela consultoria imobiliária Cushman & Wakefield, sobre a demanda por escritórios de alto padrão. Em 2012 foram entregues 802 mil metros quadrados de escritórios de alto padrão em oito capitais pesquisadas (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Vitória e Recife), - maior volume desde que a pesquisa começou a ser feita, em 2009, e 60% maior do que no ano anterior.

 

Em um importante corredor de escritórios como o da Avenida Faria Lima, o preço pedido do metro quadrado para locação mensal foi de R$ 209. Ou seja, um pequeno consultório de odontologia com cerca de 40 metros quadrados nesta zona pode ter valores de locação superiores a R$ 8.000.O estudo mostra que as regiões da Avenida Faria Lima e dos bairros do Itaim e da Vila Olímpia são as mais procuradas no polo de escritórios de alto padrão e, portanto, têm os maiores preços pedidos da capital paulista.

 

Já as regiões mais valorizadas para edifícios de alto padrão no Rio de Janeiro continuam sendo a zona sul, a orla e o centro, cujas médias mensais de preços de locação atingiram em 2012 R$ 273,2; R$ 186,1; e R$ 138,1 o metro quadrado, respectivamente.

 

Tendência - Quem disse que luxo é prerrogativa de apartamento grande? Para atender a uma demanda de jovens profissionais em boa situação financeira, as construtoras começam a investir em apartamentos compactos de alto padrão.

 

Segundo a diretora de comunicação da i-Uni Brasil, Vanessa Rosal, esses imóveis possuem entre 30 e 55 metros quadrados, são em formato estúdio (sem paredes internas) e oferecem serviços de tv a cabo, internet, arrumação e estacionamento com manobrista. “Em Alphaville, por exemplo, é comum este tipo de empreendimento. Um novo prédio lançado em fevereiro na região possui unidades de 48 metros sendo comercializados a R$ 400 mil”.

 

Em bairros nobres da capital paulista como Vila Madalena, Brooklin, Itaim Bibi, Vila Olímpia e Jardim Anália Franco, os compactos de alto padrão também viraram nicho para investimento. “Trata-se de uma tendência percebida em todas as capitais brasileiras. Esses pequenos apartamentos de alto padrão ficam localizados em regiões nobres ou próximos aos centros financeiros”, finaliza Vanessa.

Sobre a i-Uni Brasil (www.iunibrasil.com.br)

Os fundadores da i-Uni Brasil são profissionais imobiliários com significativa experiência no mercado Europeu, tendo enfrentado um cenário hostil para negócios na região e as dificuldades do setor, além da enorme crise econômica que a união europeia sofre atualmente.

Procurando destacar-se no mercado local, objetivando conter custos de publicidade com seus anúncios e tentando economizar tempo nas saídas às ruas para captar imóveis, os sócios da i-Uni Brasil adquiriram uma franquia imobiliária que usa um sistema muito conhecido em países como Noruega, Espanha e Portugal de publicações em massa de anúncios na internet.

O sucesso e destaque ante as imobiliárias tradicionais locais foi gigantesco, proporcionando aos sócios, além do ganho de capital, um profundo conhecimento sobre uma alternativa de negócios que salta à frente de qualquer imobiliária comum.

Contudo, em um projeto arrojado e inovador para o mercado brasileiro, a equipe i-Uni Brasil desenvolveu umsistema diferente, muito mais amplo e prático que o europeu, adaptado para uso exclusivo no Brasil e possibilitando assim desenvolver no país um conceito único de negócio imobiliário, totalmente novo, de baixo custo operacional, extremamente ágil e de alta lucratividade para os usuários.

 

Serviço

i-Uni Brasil

www.iunibrasil.com.br

(11) 5503-6575

Visão Estratégica Comunicação
Fonte Visão Estratégica Comunicação 19/03/2013 ás 10h

Compartilhe

População crescente de milionários impulsiona o mercado imobiliário de luxo no Brasil