Políticos argentinos destacam "vitória" de candidato governista

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O governador da província argentina de Santa Fé, Hermes Binner, considerou que a Frente Ampla do Uruguai é um "modelo de construção" política que deve ser "um exemplo para a Argentina".

Binner foi um dos convidados da coalizão governista uruguaia a assistir as eleições presidenciais e legislativas do último domingo. Junto a ele viajaram ao país vizinho os argentinos Martín Sabbatella (deputado), Hugo Yasky (titular da central sindical CTA) e Patricio Echegaray (secretário-geral do Partido Comunista Argentino).

"Esta coalizão de partidos, a Frente Ampla, que já tem quase 40 anos é um exemplo de estabilidade e perseverança com objetivos muito claros, que é fazer um país melhor, com melhor qualidade de vida para seus habitantes", afirmou Binner, governador da província localizada a cerca de 400 quilômetros ao norte de Buenos Aires.

O governador acrescentou que "o processo eleitoral uruguaio esteve caracterizado por uma polaridade que se manifesta em todas as partes do mundo, que seguramente aparecerá no Chile com a nova eleição e também nos países europeus".

Por sua vez, o deputado Sabbatella declarou que as eleições uruguaias "foram um exemplo" e destacou "a ampla maioria conquistada por [José] Mujica" no primeiro turno.

"A Frente Ampla é um exemplo de construção política que dá conta da unidade das distintas vertentes do progressismo, algo que nosso país ainda está pendente", completou.

Nas eleições do último domingo, de acordo com dados da Corte Eleitoral do Uruguai, Mujica, candidato da Frente Ampla, obteve 47,5%, contra 28,5% do segundo mais votado, o conservador Luis Lacalle, do Partido Nacional.

Com o resultado, sem maioria absoluta, o governista e ex-guerrilheiro tupamaro voltará a enfrentar Lacalle, que foi presidente de 1990 a 1995, no segundo turno, em 29 de novembro.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Políticos argentinos destacam "vitória" de candidato governista