Policiais e estudantes se enfrentam no Chile

Fonte Agência Brasil* 29/05/2013 às 8h

Brasília - A polícia do Chile reagiu a uma manifestação com gás lacrimogêneo e jatos de água, em Santiago, capital do país. O protesto ontem (28) foi liderado por estudantes que exigem do governo ensino superior gratuito. No Chile, todas as universidades são privadas. A manifestação reuniu também encapuzados. Eles também reagiram às ações policiais com pedras e objetos.

Ao final do protesto, 16 pessoas foram detidas em Santiago e 28 em outras cidades. Pelo menos 15 policiais ficaram feridos, três em estado grave. O movimento estudantil convocou uma paralisação nacional para o próximo dia 13. A ideia é reforçar a defesa por uma educação pública, gratuita e de qualidade no país.

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, encerra o mandato este ano. O governo dele foi marcado por vários protestos, liderados por estudantes secundaristas e de ensino superior, em defesa da promoção das universidades públicas.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa.

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 29/05/2013 ás 8h

Compartilhe

Policiais e estudantes se enfrentam no Chile