Polícia argentina localiza bombas que se destinavam a atingir ex-presidente colombiano

Fonte Agência Brasil 23/05/2012 às 9h
A Polícia Federal da Argentina localizou ontem (22) duas pequenas bombas, de 5 centímetros, no Teatro Gran Rex, em Buenos Aires, um dia antes de Alvaro Uribe, ex-presidente da Colômbia, discursar no local. As bombas estavam escondidas em um dos holofotes que iluminam o teatro e, segundo policiais, sua detonação seria acionada por meio de um telefone celular.

O edifício, localizado na Avenida Corrientes, uma das principais da capital argentina, foi evacuado para investigação. Uribe está na Argentina para uma série de quatro compromissos.

Nos últimos dias, houve dois atentados em Bogotá e um conflito envolvendo militares do Exército e guerrilheiros. Os embates se intensficaram desde que o governo do presidente colombiano, Juan Manuel Santos, deflagrou operações contra as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

O porta-voz da Polícia Federal da Argentina, Néstor Rodríguez, disse que as bombas foram encontradas em uma caixa de papelão. Segundo ele, pelas análises dos peritos, as bombas estavam programadas para explodir por volta das 16h20 de ontem.

De acordo com Rodríguez, as investigações policiais incluem avaliações de imagens feitas pelas câmeras de segurança dispostas em áreas estratégicas do teatro. "Tudo está nas mãos do juiz e da polícia, por intermédio das áreas de investigação e operacional", disse.

*Com informações da agência pública de notícias da Argentina, Telam, e da BBC Brasil

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 23/05/2012 ás 9h

Compartilhe

Polícia argentina localiza bombas que se destinavam a atingir ex-presidente colombiano