Plano Estratégico de Fronteiras é tema de debate hoje

Fonte Agência Câmara Notícias 26/11/2015 às h

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados e a Frente Parlamentar Mista de Combate ao Contrabando e à Falsificação realizam audiência pública conjunta neste momento para debater o Plano Estratégico de Fronteiras (Decreto nº 7.496/2011).

A audiência será realizada atendendo a requerimento do deputado Efraim Filho (DEM-PB). O deputado alerta que o aumento do contrabando tem impactos diretos na criminalidade, expõe os consumidores a riscos, provoca perdas tributárias que podem chegar a R$ 100 bilhões e enfraquece a indústria nacional.

Efraim Filho lamenta que o plano de fronteiras não tenha sido efetivamente executado e afirma que é necessário ouvir as partes interessadas e responsáveis pela segurança pública no Brasil.

“O Congresso Nacional e os agentes públicos carecem também aprofundar as razões pelas quais não se cria um plano que integre esforços nacionais, regionais e locais no combate ao contrabando e os crimes correlatos. Um plano que tenha coordenação centralizada na União, com metas, responsabilidades e objetivos claros”, disse o deputado.

Foram convidados para o debate:
- o secretário de Segurança do Paraná, Wagner Mesquita; 
- o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo; 
- o ministro da Fazenda, Joaquim Vieira Ferreira Levy; 
- o subsecretário de Aduana e Relações Internacionais da Receita Federal, Ernani Argolo Checcucci Filho; 
- o subchefe de Inteligência Operacional do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, representando o Ministério da Defesa, General Álvaro Gonçalves Wanderley;
- o procurador da República, Alexandre Collares Barbosa; 
- o delegado de Polícia Federal, José Alberto de Freitas Iegas; 
- o chefe da Divisão de Operações de Inteligência do Departamento de Polícia Rodoviária Federal, Moisés Dionísio da Silva; 
- o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, José Carlos de Nardi; 
- o ministro das Relações Exteriores, Mauro Luiz Lecker Vieira; 
- o presidente do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (IDESF), Luciano Stremel Barros; e
- o presidente do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO), Evandro do Carmo Guimarães.

A reunião acontece no plenário 6.

Agência Câmara Notícias
Fonte Agência Câmara Notícias 26/11/2015 ás h

Compartilhe

Plano Estratégico de Fronteiras é tema de debate hoje