Petrobras destina 30% dos recursos para projetos ambientais e sociais para Região Sudeste

Fonte Agência Brasil 18/04/2013 às 10h

Rio de Janeiro - Do total de R$ 247 milhões (R$ 145 milhões para a área social e R$ 102 milhões para a área ambiental) que a Petrobras destinará este ano para projetos sociais e ambientais contemplados nas seleções públicas dos programas Petrobras Ambiental e Petrobras Desenvolvimento & Cidadania, lançadas em setembro do ano passado, R$ 80,1 milhões – o equivalente a 30% do total, estão destinados aos estados da Região Sudeste.

Este ano o programa, que já beneficia em suas duas vertentes (social e ambiental) diretamente cerca de 22 milhões de pessoas, fará o maior investimento desde o seu início, em 2002, no caso da vertente social do programa; e em 2004, quando também passou a atuar na área ambiental.

No caso específico do Sudeste, o Programa Petrobras Ambiental terá investimentos de R$ 35,2 milhões, enquanto os projetos selecionados no Petrobras Desenvolvimento & Cidadania receberão R$ 44,9 milhões. Das 130 iniciativas sociais contempladas, 41 são da Região Sudeste, enquanto que das 46 projetos ambientais selecionados,17 ficam na região. Os resultados foram divulgados aos representantes de projetos finalistas e a jornalistas em três coletivas de imprensa simultâneas.

Em entrevista à Agência Brasil, a gerente de Investimentos Sociais da Petrobras, Rosane Aguiar, disse que a seleção pública de projetos e o aumento substancial de recursos hoje destinados às duas vertentes do programa fazem parte da estratégia da companhia de democratizar o acesso aos recursos da estatal para promover a cidadania.

Rosane disse que os dois programas seguem premissas que garantem abrangência nacional, em todas as regiões do país, principalmente naquelas onde tinham menos projetos contemplados. “Ampliamos o acesso aos recursos para pequenas instituições em diversas regiões do país saindo um pouco do eixo Sudeste/Sul”.

“O objetivo [dos programas Petrobras Ambiental e Petrobras Desenvolvimento & Cidadania] é criar oportunidades para que projetos sociais e ambientais que efetivamente fazem a diferença e contribuem para a redução da pobreza e das desigualdades sociais efetivamente chegue ao maior número de cidades em todo o país. Essa seleção pública de 2012 foi a mais expressiva em termos de recursos entre todas as outras”, disse Rosane.

Para Rosane, a evolução de investimentos é uma constante na diretriz dos programas. “Na versão anterior investimos menos de R$ 78 milhões na área ambiental. Se você comparar com 2004, por exemplo, quando teve início também o viés ambiental da seleção pública iniciada em 2002 com a parte social do programa, o volume investido saltou de R$ 7 milhões na área social para os R$ 145 milhões investidos agora na seleção pública 2012/2013; enquanto os investimentos no viés ambiental do programa pulou de R$ 15 milhões para R$ 102 milhões”.

O Programa Petrobras Ambiental, em seu ciclo de 2008/2012, investiu R$ 500 milhões em projetos voltados para preservação e recuperação do meio ambiente e da biodiversidade, tendo alcançado dezenas de bacias e ecossistemas nos seis biomas brasileiros: Amazônia, Mata Atlântica, Caatinga, Cerrado, Pampa Sulino, Pantanal, além de ambiente marinho e costeiro. As ações envolveram diretamente mais de 4 milhões de pessoas, além de mais de 1.500 parcerias, cerca de 2 mil publicações, 9 mil cursos e palestras e o estudo de mais de 8 mil espécies nativas. Atualmente o Programa Petrobras Ambiental tem cerca de 100 projetos.

O Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania, em seu ciclo 2007/2012, investiu R$ 1,2 bilhão em projetos voltados para a promoção da garantia dos direitos da criança e do adolescente, para a geração de renda e oportunidade de trabalho e para qualificação profissional. Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento local, regional e nacional, e gerar a inserção social de pessoas e grupos em vulnerabilidade social, suas ações envolvem diretamente cerca de 18 milhões de pessoas.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 18/04/2013 ás 10h

Compartilhe

Petrobras destina 30% dos recursos para projetos ambientais e sociais para Região Sudeste