Pesquisas do Inpa sobre Alto Rio Negro viram livro

Fonte Agência Gestão CT&I de Notícias* 19/05/2013 às 18h

 

Estudos desenvolvidos por equipes multidisciplinares do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), entre 2007 e 2011, com o financiamento da Finep, para pesquisar a biodiversidade do Alto Rio Negro viraram livro.

A publicação “Desvendando as Fronteiras do Conhecimento na Região Amazônica do Alto Rio Negro” reúne informações sobre a diversidade da região que faz fronteira com a Colômbia e a Venezuela.

De acordo com um dos organizadores do livro o pesquisador Luiz Augusto Gomes de Souza, foram feitas novas descobertas. “As atividades de pesquisas naquela área de difícil acesso da Amazônia foram inicialmente motivadas por interesse militar. A ideia era a de levar conhecimento científico para aquela região fronteiriça”, explica Souza.

As descobertas relatadas incluem o primeiro registro de águas vermelhas e o emprego de técnicas de biologia molecular para identificar novas espécies de peixes elétricos. O livro é dividido em seis partes: o meio ambiente físico; recursos vegetais e agrobiodiversidade; diversidade da fauna; diversidade da classe insecta; endemias e doenças tropicais; e educação ambiental e biblioteca digital.

Durante o processo de pesquisa com moradores do município de São Gabriel da Cachoeira, a 852 quilômetros de Manaus, foi identificada a carência de recursos naturais no local. Os moradores receberam capacitações para aproveitar melhor as fontes naturais sustentavelmente.

Foram oferecidos treinamentos como criação de peixes em tanques ou em canais de igarapés, técnicas de marchetaria para confecção de pequenos objetos de madeira e a implantação de unidades piloto de criação de abelhas. “Havia uma preocupação em formar recursos humanos, por isso as instituições locais deram apoio fundamental para o sucesso do projeto”, diz Souza.

O livro está disponível para download neste link.

*(Com informações do Inpa e MCTI)

Agência Gestão CT&I de Notícias*
Fonte Agência Gestão CT&I de Notícias* 19/05/2013 ás 18h

Compartilhe

Pesquisas do Inpa sobre Alto Rio Negro viram livro