Pesquisa mostra que vendas do comércio devem aumentar de outubro a dezembro

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
A tradição de lojas lotadas com a proximidade das festas de final de ano não deve ser quebrada neste ano, segundo levantamento do Programa de Administração do Varejo (Provar) & Laboratório de Finanças (Labfin), da Fundação Instituto de Administração ( FIA).

A intenção de ir às compras aumentou de 74,2% para 77%, índice recorde desde 2000. A pesquisa foi realizada com 500 consumidores da cidade de São Paulo.

O estudo inclui dez categorias de produtos: linha branca (fogões, geladeiras, máquinas de lavar); eletroeletrônicos; telefonia e celulares, informática; automóveis e motocicletas, cine e foto, material de construção, cama, mesa e banho; móveis e eletroportáteis.

Na lista de planos dos consumidores, aumentou o interesse pelos bens duráveis (automóveis, eletrodomésticos etc) para 4,3%. No terceiro trimestre, o interesse havia sido de 3,8%. Os itens de cine e foto lideram a preferência, com 14,4%, seguidos por produtos de informática (12,8%) e os segmentos de eletroeletrônicos (10,8%) e telefonia e celulares (10,6%).

Quanto às compras pela internet, a pesquisa mostra que não houve alteração em comparação ao trimestre anterior. Um total de 86% dos entrevistados declararam a intenção de adquirir pelo menos um iten. Na comparação com o quarto trimestre do ano passado, houve redução de 5,4%.

O levantamento indica ainda significativo aumento para a procura de brinquedos, cujas intenções de compra dobraram (107%) em comparação ao trimestre anterior.
Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Pesquisa mostra que vendas do comércio devem aumentar de outubro a dezembro