Pesca em período de defeso da lagosta gera multa e apreensão pelo Ibama

Fonte Ascom Ibama/BA 18/05/2013 às 11h

Salvador (17/05/2013) - A equipe de fiscalização do Ibama em Ilhéus aprendeu na nesta segunda-feira, dia 13, um total 151,6 quilos de lagostas vermelhas (Panulirus argus) inteiras congeladas, provenientes de pesca proibida. A multa lavrada foi no valor de R$3.732,00. A pesca das lagostas vermelha (Panulirus argus) e verde (Panulirus laevicauda) é proibida no período de 1º de dezembro a 31 de maio, assim como o transporte, a estocagem, o beneficiamento, a industrialização e a comercialização de qualquer volume de lagostas vermelha e cabo verde, que não seja oriundo do estoque declarado.

 

Segundo o analista James Bessa, que coordenou a ação fiscalizatória, o produto apreendido estava sendo transportado para Salvador. Ele afirmou que a apreensão das lagostas foi realizada a partir do atendimento de uma denúncia anônima feita através de ligação telefônica ao Ibama. Ainda segundo Bessa, o denunciante informou que um veículo caminhonete cinza estava sendo carregado com lagostas e se preparando para seguir viagem, o que resultou também na apreensão do veículo e de um freezer vertical, onde estavam acondicionadas as lagostas vermelhas. A apreensão ocorreu em frente de uma residência situada no Bairro São Miguel, em Ilhéus, local onde encostam barcos no rio Almada.

As lagostas apreendidas foram doadas a três entidades filantrópicas: o Movimento de Cursilhos de Cristandade da Diocese de Ilhéus, a Apae - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Ilhéus e ao asilo da Sociedade São Vicente de Paulo de Ilhéus.

 

Ascom Ibama/BA
Fonte Ascom Ibama/BA 18/05/2013 ás 11h

Compartilhe

Pesca em período de defeso da lagosta gera multa e apreensão pelo Ibama