Personagens vivos destacam história da UnB

Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 09/04/2013 às 17h

O livro UnB50Anos: História Contada apresenta 28 depoimentos sobre os 50 anos da universidade. O lançamento será nesta quinta-feira, no Beijódromo, com espetáculo do músico e personagem da obra, Clodo Ferreira
 

O livreiro Chiquinho fala de sua coleção de autógrafos e das pessoas que conheceu na UnB: Nelson Mandela, Edgar Morin, Dalai Lama, Baudrillard. O dublê de professor de capoeira e arquiteto Cláudio Queiroz descreve as formas e linhas que Oscar Niemeyer, com quem trabalhou, usou para desenhar a UnB. A estudante de Nutrição Edneide Atikum conta como foi sofrido deixar a aldeia, no sertão de Pernambuco, e vir para Brasília.

São relatos do livro UnB 50 anos: História Contada, que a UnB lança na próxima quinta-feira (11), às 18h15. A obra reúne 28 personagens, desde aqueles que viveram os primórdios da instituição a outros mais recentes, cuja experiência, não só no Campus Darcy Ribeiro, como nos campi de Planaltina, Gama e Ceilândia, mostra os vários aspectos de uma universidade em expansão. O evento faz parte das comemorações do jubileu, que começaram no ano passado e se estendem durante o ano de 2013 com palestras, projetos científicos e atividades culturais.

O local escolhido para o lançamento não poderia ser outro senão o Memorial Darcy Ribeiro (Beijódromo), projetado por outro dos personagens – o arquiteto João da Gama Filgueiras Lima (Lelé) - e idealizado pelo fundador da Universidade, Darcy Ribeiro, cuja figura marcante perpassa todo o livro. Ainda outra figura retratada na obra UnB 50 anos: História Contada, o músico e ex-professor da Faculdade de Comunicação Clodo Ferreira, fará um show durante a cerimônia.

Organizado pela professora e jornalista Thaïs de Mendonça Jorge, UnB 50 Anos: História Contada é uma ação conjunta da Secretaria de Comunicação da UnB e da Comissão UnB 50 Anos. O livro se divide em duas partes: na primeira, os depoimentos. Na segunda, o relato dos trabalhos da Comissão UnB 50 anos. “Haveria muitas maneiras de recuperar a história: consultando arquivos, debruçando-se sobre documentos, vasculhando bibliotecas. Optamos por dar voz aos que testemunharam o processo”, diz a professora, na certeza de que professores, servidores, alunos e ex-alunos “têm muito mais capacidade de narrar o que viveram entre as salas de aula, o verde e o concreto dos campi”, do que o frio material dos arquivos.

Na Parte I, com riqueza de fotos, aparecem os 28 personagens. Cada um dos depoimentos mistura a história pessoal do narrador com a trajetória da universidade. Na Parte II, é feita uma retrospectiva das atividades da Comissão UnB 50 anos, a fim de registrar o cuidado da UnB em deixar marcado este importante momento na memória da instituição.

O livro é editado pela Secretaria de Comunicação (Secom) da UnB e publicado pela Editora da UnB, com textos e fotos de repórteres da Secom, além de material do Cedoc. A concepção gráfica é do designer Esteban Pinilla, também ex-aluno da instituição. Contém ainda uma Linha do Tempo da história da universidade e vários textos contando episódios ou detalhes pitorescos da invenção de Darcy Ribeiro.

 

Serviço

Evento: Lançamento do livro UnB 50 anos: História Contada
Data: 11 de abril de 2013, às 18h15
Local: Memorial Darcy Ribeiro
Horário: 18h15
Saiba mais em: www.unb50anos.com.br

 

Secretaria de Comunicação da UnB
Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 09/04/2013 ás 17h

Compartilhe

Personagens vivos destacam história da UnB