Perfil de jovens que vivem com HIV/Aids em Manaus é alvo de pesquisa

Fonte Agência FAPEAM 15/04/2013 às 19h

Cerca de 530 mil soropositivos vivem no Brasil segundo informações do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o HIV/Aids. Desse total, segundo o Ministério da Saúde (MS), 63% são jovens portadores do virus.

De acordo com pesquisa realizada na Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), de 55 pacientes adolescentes acometidos com HIV/Aids, 41,8% não sabem como o vírus é transmitido e 36,4% não faziam ou fazem o uso do preservativo nas relações sexuais.

Os dados são do estudo intitulado 'Perfil Epidemiológico de adolescentes vivendo com HIV/Aids atendidos no ambulatório de DST/Aids da FMT-HVD no período de 2011 a 2012'.

A pesquisa foi desenvolvida pela acadêmica de Medicina da Universidade Nilton Lins (UniNiltonLins), Lucienne Barbieri Victoria, com aporte financeiro do Governo do Estado, via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), por meio do Programa de Apoio à Iniciação Científica do Amazonas (Paic). “Esses dados são preocupantes, pois põem em risco a comunidade”, disse.

Victoria informou que o objetivo do estudo era caracterizar os adolescentes e jovens que vivem com HIV/Aids em relação ao sexo, idade, escolaridade, renda familiar e prática de relações sexuais com preservativo. A pesquisadora demonstrou ainda as formas de contágio e o conhecimento dos pacientes sobre transmissão e prevenção.

“O estudo foi do tipo descritivo. Aproveitamos uma série de casos relacionados à demanda espontânea no período do estudo e pacientes que aceitaram participar da pesquisa”,esclareceu a pesquisadora.

De acordo com a pesquisadora, a adolescência é um período da vida caracterizado por transformações físicas, psicológicas e sociais que aumentam as chances dos adolescentes de adquirirem a infecção por HIV.

Diagnóstico em jovens

Ela disse que o estudo abrangeu casos de pacientes da faixa etária de 13 a 24 anos, com sorologia positiva para HIV/Aids e em acompanhamento ambulatorial na FMT-HVD no período de agosto de 2011 a agosto de 2012.

Victoria informou que realizou um questionários com os 55 pacientes para fazer a análise dos perfis posteriormente. Do total de pacientes, 34 são homens e 21 são mulheres, com uma média de idade de 20 anos.

“Dos 55 pacientes, 50 foram contagiados diretamente e os outros cinco pegaram a doença das mães, de forma vertical”, disse a pesquisadora.

Ela informou ainda que 58,2% dos pacientes sabiam como o vírus era transmitido e 41,8% não sabiam. Após o diagnóstico, 36,4% dos pacientes que participaram do estudo continuaram tendo relações sexuais sem o uso do preservativo e 63,6% passaram a adotar medidas preventivas durante as relações sexuais.

Você sabe o que é HIV/Aids?

HIV é a sigla em inglês do vírus da imunodeficiência humana adquirida. Causador da Aids, o virus ataca o sistema imunológico, responsável por defender o organismo de doenças. As células mais atingidas são os linfócitos. É alterando o DNA dessa célula que o HIV faz cópias de si mesmo. Depois de se multiplicar, ele rompe os linfócitos em busca de outros para continuar a infecção.

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), ter o HIV não é a mesma coisa que ter Aids. Há muitos soropositivos que vivem anos sem apresentar sintomas e sem desenvolver a doença, mas podem transmitir o vírus. O HIV pode ser transmitido por relação sexual, compartilhamento de seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez ou amamentação.

 

Sobre o Paic

O Programa de Apoio à Iniciação Científica do Amazonas (Paic) apoia, com recursos financeiros e bolsas institucionais, estudantes de graduação interessados no desenvolvimento de pesquisa em instituições públicas e privadas do Amazonas.

 





Agência FAPEAM
Fonte Agência FAPEAM 15/04/2013 ás 19h

Compartilhe

Perfil de jovens que vivem com HIV/Aids em Manaus é alvo de pesquisa