Pela terceira vez, alpinista brasileiro escala Everest

Fonte Agência Brasil 21/05/2013 às 8h

Brasília – O alpinista brasileiro Rodrigo Raineri, de 43 anos, chegou na madrugada de hoje (21) ao topo do Everest, a montanha mais alta do mundo, que tem mais de 8 mil metros de altura – localizada no Himalaia, entre o Nepal e a China. Raineri cumpriu o que foi determinado: colocou no alto da montanha a Bandeira do Brasil. Foi a terceira vez que Raineri escalou o Everest. Ele é o primeiro brasileiro a subir na montanha por três vezes.

“Estou no cume...o topo do mundo é verde e amarelo. Obrigado a todos por compartilhar este momento comigo e agradeço meus patrocinadores por todo o apoio! Namastê [agradecimento, em sânscrito],”, disse o alpinista, na rede social Facebook.

Horas antes de partir para o alto da montanha, Raineri recebeu ordem do governo nepalês para cancelar o voo de parapente que estava planejado no local. As autoridades do Nepal informaram que a suspensão da autorização ocorreu devido a questões técnicas. Ele seguiu viagem acompanhado por três brasileiros: Joel Kriger, Carlos Canellas e Carlos Santalena.

O grupo subiu em direção ao alto da montanha por volta do meio-dia de ontem (20) e enfrentou uma temperatura de 25 graus Celsius negativos. Raineri é um dos montanhistas mais experientes do Brasil. No Everest, os alpinistas são testados pela altitude, o frio, o gelo e a falta de oxigênio.

Após a negativa do governo nepalês, o brasileiro sinalizou que pretende manter a meta de ser a primeira pessoa na história a fazer um voo solo de parapente no Everest. Há dois meses, o alpinista negociou com o governo nepalês a escalada à montanha. Ele leva na mochila as bandeiras do Brasil e do Nepal.

Ex-professor universitário de engenharia, Raineri mantém na internet uma página sobre seus desafios e mostra aos interessados o passo a passo por meio do Facebook.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 21/05/2013 ás 8h

Compartilhe

Pela terceira vez, alpinista brasileiro escala Everest