Paulo Davim pede manejo e preservação de mananciais de água doce

Fonte Agência Senado 20/03/2013 às 17h

O senador Paulo Davim (PV-RN) lembrou, em Plenário, o Dia Mundial da Água a ser celebrado na próxima sexta-feira (22) e chamou atenção para a importância do manejo sustentável dos recursos hídricos.

Ele classificou os mananciais de água doce como o bem mais precioso do planeta, fadados à escassez.

- Há uma expectativa que daqui a aproximadamente 20 anos o mundo terá nove bilhões de pessoas, isso poderá significar um aumento de até 30% no consumo de água, o que para algumas áreas e, dependendo dos recursos hídricos, pode ser uma situação insustentável. Até 2025, se não forem tomadas medidas preventivas drásticas, sobretudo no que diz respeito às mudanças no padrão de consumo, dois terços da população global poderão sofrer com a escassez de água doce – afirmou o parlamentar na tarde desta quarta-feira (20) no Plenário do Senado.

O senador ressaltou ainda que a água não serve apenas para matar a sede ou contribuir para a higiene, mas está intimamente ligada à segurança alimentar. A atividade agrícola é uma das maiores usuárias deste recurso natural e responde com cerca de 70% de todo o consumo de água mundial.

- De acordo com dados da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação [FAO], para produzir alimentos para uma única pessoa são necessários um total de 2,5 mil litros de água – disse.

Paulo Davim também alertou para o fato de que a importância da água não pode ser reconhecida somente em datas comemorativa, mas todos os dias.

 

Agência Senado
Fonte Agência Senado 20/03/2013 ás 17h

Compartilhe

Paulo Davim pede manejo e preservação de mananciais de água doce