Patriota nega vazio na Embaixada do Brasil em Roma

Fonte Agência Brasil/EBC 20/03/2013 às 8h

Vaticano – O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, negou hoje (20) à Agência Brasil que ocorra “um vazio” na Embaixada do Brasil na Itália. Ele disse que o encarregado de Negócios, o diplomata Luís Henrique Sobreira Lopes, é o responsável pela representação, enquanto o novo embaixador Ricardo Neiva Tavares prepara sua chegada a Roma para as próximas semanas. Segundo o chanceler, essa é uma situação normal.

“Não existe vazio”, disse Patriota. “Qualquer chancelaria no mundo enfrenta a mesma situação: a rotação de embaixadores em intervalos regulares”, acrescentou. O ministro acompanha a presidenta Dilma Rousseff, que se encontra hoje com o papa Francisco, no Vaticano. “O Itamaraty [Ministério das Relações Exteriores] está acostumado a isso.”

Patriota lembrou que durante o processo de transição entre embaixadores – José Viegas Filho substituído por Neiva Tavares – houve a renúncia do papa emérito Bento XVI, no último dia 28, o conclave (para a eleição do sucessor) e o início do pontificado do papa Francisco, inaugurado ontem (19).

“O que era inesperado, a situação do Sumo Pontífice com a renúncia, e a troca [de embaixadores] coincidiu com a mudança na embaixada em Roma, o que pode acontecer em qualquer chancelaria”, ressaltou o ministro.

Patriota reiterou, porém, que em momento algum a Embaixada do Brasil ficou vazia. “Mesmo antes da aprovação do nome do embaixador Ricardo Neiva Tavares, a titularidade estava com o encarregado de Negócios [diplomata Sobreira Lopes]. O novo embaixador [Neiva Tavares] chegará dentro de algumas semanas para colocar a casa em funcionamento.”

Agência Brasil/EBC
Fonte Agência Brasil/EBC 20/03/2013 ás 8h

Compartilhe

Patriota nega vazio na Embaixada do Brasil em Roma