Participação do Brasil em feira alemã reforça conquista do 7° lugar na ICCA

Fonte Ascom - EMBRATUR 21/05/2012 às 21h

Embratur fortalece a promoção turística no segmento de encontros, incentivos e congressos, na IMEX 2012, realizada na Alemanha

Entre os dias 22 a 24 de maio, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) participa, em Frankfurt (Alemanha), da 10° edição da IMEX 2012 (The Worldwide Exibition for Incentive Travel, Meetings and Events), feira considerada referência mundial no segmento de turismo de incentivos, congressos e encontros. “Estamos intensificando o trabalho com o objetivo de aumentar a nossa competitividade no cenário mundial e mostrar a expertise brasileira na realização de eventos internacionais. Inclusive, lançamos este ano, o Programa de Apoio à Captação e Promoção de Eventos Internacionais”, disse Flávio Dino, presidente da Embratur. De acordo com ele, por meio desse plano, o Instituto disponibilizará R$ 3,8 milhões para estimular órgãos públicos e entidades sem fins lucrativos a captarem cada vez mais eventos internacionais. “Lembrando que os interessados têm até quarta, 23, para se inscreverem no chamamento público do Programa”, ressaltou o presidente.

Durante três dias, o Brasil vai mostrar sua diversidade de destinos e a estrutura para realização de eventos e encontros de negócios nos mais variados segmentos. Na programação, estão previstos seminários e workshops, organizados por renomadas instituições como GCB (German Convention Bureau), SITE (Society of Incentive & Travel Executives) e a própria ICCA (International Congress & Convention Association). Amanhã, dia da abertura do evento, a Embratur vai promover um coquetel em seu estande para celebrar a consolidação do 7° lugar no ranking dos principais receptores de eventos, divulgado recentemente.

O diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Lomanto, considera estratégica a presença da Embratur na IMEX, devido ao aumento do fluxo de turistas que vem ao Brasil motivados pela realização de eventos e pela importância do mercado alemão no Brasil. “Os últimos números divulgados pela Polícia Federal e Ministério do Turismo, mostram que a Alemanha é o país europeu que mais envia turistas ao Brasil, sendo o quarto do ranking geral”, disse Lomanto. Em 2011, 241.739 mil alemães estiveram no Brasil.

O estande do Brasil contará com a participação de 34 coexpositores, dentre eles, os seguintes estados brasileiros: Ceará, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio de Janeiro, Bahia e Sergipe, além de empresas da iniciativa privada ligadas ao setor turístico.

BRASIL NO CENÁRIO MUNDIAL DA REALIZAÇÃO DE EVENTOS

De acordo com o relatório anual da ICCA, divulgado no último dia 09, o Brasil subiu duas posições no ranking, de 9º para 7º colocado – sendo o único da América Latina entre os 10 primeiros. Ao todo, o país recebeu 304 eventos classificados como internacionais segundo os critérios da ICCA – o que representou um crescimento de 10% em relação ao ano anterior, quando foram realizados 275 eventos. O crescimento de eventos captados pelo país foi de 390% desde 2003, quando a Embratur passou a cuidar exclusivamente da promoção do país no exterior.

“O aumento de 48 para 57 do número de cidades brasileiras que receberam congressos e convenções é outro dado bastante positivo porque mostra que mais destinos turísticos estão se qualificando para receber eventos internacionais”, avalia Dino. “Com os megaeventos, como Copa do Mundo, teremos maior divulgação de destinos menos conhecidos pelo público internacional, o que deve também contribuir para a ampliação do número de cidades que realizam eventos”.

A Embratur lançou, este ano, o Programa de Apoio à Captação de Eventos, disponibilizando R$ 3,8 milhões para apoiar ações de órgãos públicos e entidades sem fins lucrativos para captação de eventos internacionais. O prazo para inscrição no chamamento público do Programa de Apoio à Captação de Eventos termina nesta quarta, 23. “O principal ponto positivo do turismo de eventos é que ele geralmente é realizado fora dos períodos de alta temporada de férias, garantindo uma ocupação mais continuada aos hotéis da cidade”, afirma o presidente da Embratur. “Queremos consolidar o Brasil como um dos maiores receptores de eventos do mundo”.

Ascom - EMBRATUR
Fonte Ascom - EMBRATUR 21/05/2012 ás 21h

Compartilhe

Participação do Brasil em feira alemã reforça conquista do 7° lugar na ICCA