Parque Científico já é realidade

Fonte Imprensa Unicamp 09/03/2013 às 2h

Parque Científico já é realidade

Local é ambiente de aproximação com empresas que promovem a pesquisa e a inovação no país.

Nesta terça-feira (5), a Unicamp inaugurou a primeira parte da infraestrutura do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp, realizada com o apoio do Sistema Paulista de Parques Tecnológicos. Na área inaugurada pela administração da Universidade já é possível ver as ruas, calçadas, quadras e estacionamentos definidos no espaço de 100 mil m² destinados a abrigar os laboratórios de cooperação universidade-empresa. A inauguração contou com a presença do prefeito de Campinas, Jonas Donizette; professor Fernando Costa, reitor da Unicamp; e professor Roberto Lotufo, diretor executivo da Agência de Inovação Inova Unicamp, órgão gestor do Parque.

Além da parte de infraestrutura, dois prédios já despontam na área inaugurada. Um deles é o da sede da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da Unicamp. Com 2.659,91 m², o prédio foi financiado pelo Sistema Paulista de Parques Tecnológicos, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico do Estado de São Paulo. Neste novo prédio a Incubadora terá seu espaço ampliado para atender até 48 empresas de base tecnológica. O outro prédio em construção na área pertencente ao Parque Científico e Tecnológico da Unicamp é o do Laboratório de Inovação em Biocombustíveis (LIB). Com 1.656,79 m², foi financiado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) por meio do programa CT-Infra.

De acordo com Lotufo, o objetivo do Parque é “ampliar de forma sustentável a interação da universidade com os demais atores do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação por meio da criação de ambientes que estimulem a pesquisa colaborativa e multidisciplinar com organizações públicas e privadas”, explica. Lotufo ressalta que o espaço visa ampliar as oportunidades de formação dos alunos da Unicamp, bem como valorizar e ampliar o fomento e as linhas de apoio à pesquisa. Destaca ainda o decisivo comprometimento do professor Fernando, reitor da Unicamp, cuja visão estratégica e de longo prazo viabilizou a construção desta primeira parte da infraestrutura do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp, através da sua institucionalização pela aprovação da Deliberação A-2 de 2010 do Conselho Universitário e pelos investimentos financeiros realizados. “O Parque já atraiu mais de R$ 30 milhões, tendo a Universidade investido 44% deste valor. Este é um projeto de longo prazo e somente será concretizado com a continuidade do apoio da reitoria”, informa Lotufo.

De acordo com o professor Fernando, o espaço trará enormes benefícios para a comunidade acadêmica e para a sociedade de maneira geral, reforçando o papel de destaque que a Universidade já ocupa no Brasil no que diz respeito à educação e formação de profissionais altamente qualificados, à produção de tecnologias e produtos inovadores e ao apoio ao empreendedorismo. “A existência de uma estrutura como essa dentro do campus será particularmente benéfica para nossos alunos de graduação e pós-graduação, que poderão interagir fortemente com profissionais de grandes empresas em laboratórios destinados ao desenvolvimento de pesquisas colaborativas. Essa experiência os colocará em contato com a realidade e as necessidades do setor produtivo e permitirá que saiam daqui muito mais bem preparados para serem os futuros líderes inovadores de nosso país”, ressalta.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia em exercício, Luiz Carlos Quadrelli, o Parque Científico e Tecnológico da Unicamp terá um papel fundamental para o aquecimento da economia regional. “A interação entre a universidade, institutos de pesquisas e órgãos do setores público e privado, além de gerar renda, contribuirá para o desenvolvimento econômico, científico e tecnológico da região”, completa. Ao longo da cerimônia, o prefeito de Campinas, Donizette, afirmou que a inauguração da infraestrutura do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp é muito representativa para a cidade. “A Unicamp se destaca em Campinas no âmbito tecnológico e no desenvolvimento de pesquisas de excelência. A cidade terá diversos benefícios com mais essa interação com a Universidade”. Para Donizette, com o Parque Científico e Tecnológico da Unicamp, a cidade se qualificará em termos de aprimoramento, inteligência e na formação de bons profissionais prestando serviços em benefício da sociedade.

Empresas no Parque
São elegíveis para estabelecer prédios no Parque Científico e Tecnológico da Unicamp empresas que possuam ou venham a desenvolver convênios de pesquisa em parceria com grupos das Unidades de Ensino e Pesquisa da Universidade. Dentre os benefícios da instalação, Lotufo destaca a proximidade com grupos de pesquisa da Universidade. “As empresas podem se beneficiar do ambiente de sinergia e manter contato direto com pesquisadores e alunos da Unicamp, conhecida por sua excelência em pesquisa e inovação”, destaca. Além disso, há a possibilidade da utilização de incentivos fiscais para a implantação de laboratórios de pesquisa colaborativa universidade-empresa.

Sendo gestora do Parque, a Agência de Inovação Inova Unicamp auxilia empresas interessadas a prospectar pesquisadores dentro da Universidade e a formatar os convênios de parceria em pesquisa e o de ocupação do espaço físico. Caso haja interesse, o contato pode ser feito pelo e-mail: parquecientifico@inova.unicamp.br ou telefone: 19-3521-5013.

Imprensa Unicamp
Fonte Imprensa Unicamp 09/03/2013 ás 2h

Compartilhe

Parque Científico já é realidade