Parlamentares defendem protagonismo da UnB nos projetos para o DF

Fonte Secretária de Comunicação da UnB 21/03/2013 às 20h

Parlamentares defendem protagonismo da UnB nos projetos para o DF

Em encontro na Reitoria, deputados e senadores destacaram a importância da expertise da UnB na formulação de políticas públicas.

A participação da Universidade de Brasília na formulação de políticas públicas deve ser ampliada, e o potencial de seus pesquisadores melhor aproveitado pelo Poder Executivo local e nacional. É o que afirmaram oito dos 11 parlamentares da bancada do Distrito Federal no Congresso Nacional em encontro na Reitoria, na manhã desta quinta-feira, 21 de março.

Os deputados e senadores estiveram no campus a convite do reitor Ivan Camargo para conhecer os integrantes da Administração Superior e discutir formas de estreitar a relação entre a instituição e o Parlamento. “Esta equipe está à disposição de vocês”, afirmou Ivan Camargo, ao lado da vice-reitora Sônia Nair Báo, ao apresentar cada um dos decanos e diretores de áreas estratégicas, como a Prefeitura e o Centro de Planejamento Oscar Niemeyer.

“Nós, parlamentares, deveríamos usar mais a UnB. O Executivo deveria usar mais a UnB para propor soluções para os grandes problemas da cidade e do país”, afirmou o deputado Ronaldo Fonseca (PR). “Não há como discutir transporte, saúde, educação, infraestrutura sem a UnB. É difícil pensar a cidade sem a Universidade de Brasília”, completou a deputada Érika Kokay. “Meu sonho é ver a UnB com um perfil mais agressivo de parceria com as instituições da sociedade civil”, completou Augusto Carvalho (PPS). “Temos de trabalhar em parceria para o bem da cidade”, destacou Sônia Báo.

Emília Silberstein/UnB Agência
Érica Kokay (à direita) disse que não há como pensar Brasília sem a UnB

 

O senador Rodrigo Rollemberg (PSB) cobrou mais agilidade da Universidade na execução de recursos repassados e propôs a formação de um fórum permanente de debate com a bancada, além da sistematização das prioridades da instituição para que os parlamentares possam atuar de maneira articulada. “Não há dúvidas sobre a importância da UnB na formulação de políticas públicas”, disse. “Esta parceria é fundamental para a o crescimento da cidade com qualidade para sua população”, completou a deputada Jaqueline Roriz (PMN). “A UnB deve ser mais protagonista”, emendou o deputado Policarpo (PT).

INOVAÇÃO – Rodrigo Rollemberg elogiu a revista DARCY, publicação de jornalismo científico e cultural da UnB, e citou a construção do Parque Tecnológico da UnB, que abrange o Centro de Biotecnologia, como propostas de alcance para todo o Distrito Federal. “O Centro de Biotecnologia é um projeto importante para toda a cidade e que, portanto, pode motivar um esforço de toda a bancada para viabilizá-lo”.

Para ele, a UnB deve ser precursora de um modelo de universidade mais moderna. “A UnB pode assumir com mais vigor a visão de universidade que interage fortemente com o setor produtivo”. “Este é o modelo que defendemos”, respondeu o reitor. “Acreditamos que só esperar recursos do Governo Federal é uma situação insustentável para as universidades de hoje”, disse.

Emília Silberstein/UnB Agência
Rodrigo Rollemberg e o reitor debateram interação com setor produtivo


O deputado Luiz Pitiman (PMDB) lembrou que todos os anos a bancada destina emendas parlamentares à Universidade, mas a liberação sempre enfrenta impasses junto à União. “Somente 8% das emendas da bancada foram empenhadas e liberadas no ano passado. É frustrante, mas, ao mesmo tempo, é um índice muito melhor que de outros estados. Para mais de 80% deles foi liberado zero em emendas parlamentares”, disse. No orçamento de 2013 foram aprovados R$ 16 milhões da bancada para a modernização das instalações elétricas do Minhocão. Leia mais aqui.

Emília Silberstein/UnB Agência
Deputados Augusto Campos, Jaqueline Roriz, Policarpo e Luiz Pitiman

 

O decano de Pesquisa e Pós-Graduação, Jaime Santana, pediu especial atenção da bancada para os projetos voltados para ciência e tecnologia. “Sabemos que os recursos para esta área diminuíram, daí a importância de uma fundação de apoio à pesquisa forte no Distrito Federal. Sem isso não temos como colaborar com o Distrito Federal nem com o Brasil”.

Mauro Rabelo, decano de Ensino de Graduação, pediu aos parlamentares atenção para os desafios de uma universidade em expansão. “Duplicamos o número de ingressos nos últimos cinco anos e temos agora o desafio de acolher os estudantes de escolas públicas que chegam pelas cotas. Precisamos de políticas para enfrentar este crescimento”.

Com o mesmo objetivo, de aproximar a Universidade do Legislativo, a Reitoria pretende reunir também os deputados distritais. O convite para o encontro deve ser feito nas próximas semanas.

Secretária de Comunicação da UnB
Fonte Secretária de Comunicação da UnB 21/03/2013 ás 20h

Compartilhe

Parlamentares defendem protagonismo da UnB nos projetos para o DF