Papa vai celebrar missa da Páscoa em casa de recuperação para jovens

Fonte Agência Brasil/EBC 21/03/2013 às 13h

Brasília – O papa Francisco vai celebrar a missa da Páscoa no próximo dia 28, no Instituto Penal para Menores de Casal del Marmo, em Roma. A informação foi confirmada hoje (21) pela Santa Sé, por intermédio da assessoria de imprensa. A missa será celebrada às 17h30 (14h30 de Brasília). Ontem (20), na conversa com a presidenta Dilma Rousseff, o papa destacou a necessidade de fazer um esforço conjunto para combater as drogas e apoiar os jovens.

Com a celebração do Instituto Penal de Casal del Marmo, o papa mantém um hábito que começou em Buenos Aires, capital argentina, quando era cardeal. Ele costumava escolher lugares nos quais estavam doentes ou marginalizados para fazer a missa da Páscoa.

O Vaticano informou que as celebrações da Semana Santa vão ocorrer normalmente. No mesmo dia em que Francisco celebrará a missa na casa de recuperação de jovens, também haverá cerimônia na Praça São Pedro. De manhã, o papa vai celebrar na Basílica de São Pedro a tradicional Missa Crismal.

De acordo com o comunicado da Santa Sé, a missa que será celebrada pelo papa é uma espécie de reprodução da Última Ceia de Jesus, caracterizada pelo gesto do lava-pés – quando o celebrante, no caso Francisco, deverá lavar os pés de um dos fiéis, como fez Jesus Cristo ao lavar os pés dos discípulos.

Na época em que era arcebispo de Buenos Aires, o então cardeal Mario Jorge Bergoglio celebrava essa missa em prisões, hospitais ou casas de recuperação de pessoas marginalizadas, segundo o Vaticano.

Ontem, ao conversar com Dilma, o papa disse que é necessário apoiar os jovens porque o futuro depende deles. “[O papa] falou sobre a importância da juventude, sobre a construção do futuro da humanidade, a Igreja como instituição secular que tem no jovem um foco muito grande. Ele disse que espera a presença grande dos jovens”, contou a presidenta.

Dilma disse também que o papa demonstrou preocupação com as drogas e prometeu estar no Rio de Janeiro em julho para a Jornada Mundial da Juventude. “Conversamos sobre a questão das drogas e do crack, [a necessidade de haver um] reforço de valores, princípios e símbolos para a juventude”.

Agência Brasil/EBC
Fonte Agência Brasil/EBC 21/03/2013 ás 13h

Compartilhe

Papa vai celebrar missa da Páscoa em casa de recuperação para jovens