Papa Francisco diz que confissão 'não é tortura'

Fonte Ansa flash 29/04/2013 às 19h

Segundo o Papa, ter vergonha dos próprios pecados é a “virtude do humilde”

CIDADE DO VATICANO, 29 ABR (ANSA) – O papa Francisco destacou a importância da confissão durante a homilia celebrada nesta segunda-feira, informou a Rádio Vaticano.

“O confessionário não é uma lavanderia” para ir limpar os próprios pecados, e a “confissão não é uma tortura”, disse o Pontífice. Segundo ele, ter vergonha dos próprios pecados é a “virtude do humilde” que prepara para receber o perdão de Deus.

Francisco também destacou que “todos nós temos obscuridades na nossa vida, [momentos] em que tudo, inclusive a própria consciência, está obscuro”.

“Caminhar nas trevas significa estar satisfeito de si próprio, estar convencido de não precisar da salvação”, disse o Pontífice.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 29/04/2013 ás 19h

Compartilhe

Papa Francisco diz que confissão 'não é tortura'