Papa Francisco condena luta para o poder dentro da Igreja

Fonte Ansa flash 21/05/2013 às 21h

Francisco explicou que, na Igreja, as promoções devem ser "promoções na cruz" e na "humilhação", porque "são mais parecidas com Cristo"

CIDADE DO VATICANO, 21 MAI (ANSA) - O papa Francisco declarou, na homilia pronunciada durante a missa da manhã de hoje na casa Santa Marta, que "a luta pelo poder na Igreja não tem que existir, porque o verdadeiro poder é o serviço".

"A luta para o poder na Igreja não é coisa dos nossos dias, mas começou com o próprio Jesus" disse o Pontífice, ressaltando como, na visão evangélica de Cristo, a luta para o poder não deve existir, e que na Igreja não tem outro caminho para seguir em frente que seguir o exemplo dele, que "se abaixou até a morte na cruz para nos salvar".

Para o Papa, "progredir significa se abaixar e estar sempre a serviço, já que, na Igreja, o maior é aquele que serve e que mais fica ao serviço dos outros".

Francisco explicou que na Igreja as promoções devem ser "promoções na cruz" e na "humilhação", porque "são mais parecidas com Cristo".

Ansa flash
Fonte Ansa flash 21/05/2013 ás 21h

Compartilhe

Papa Francisco condena luta para o poder dentro da Igreja