Palco de tragédias, Lampedusa também abriga belezas

Fonte ANSA 13/08/2014 às 7h
Ilha possui praias de água cristalina e rica gastronomia.

12 Agosto, 23:09•LAMPEDUSA•

(ANSA) - A ilha italiana de Lampedusa é mundialmente conhecida por ser um dos principais destinos de imigrantes africanos e asiáticos viajando em barcos superlotados em busca de uma vida melhor na Europa. Para se ter uma ideia, ela está mais perto da costa da Tunísia (113 km) do que do litoral da Sicília (205 km). Por isso, não raro suas águas viram palco de enormes tragédias, com embarcações ilegais afundando com centenas de pessoas dentro.

Porém Lampedusa é mais do que uma espécie de "terra prometida" dos imigrantes, possuindo um grande potencial turístico para atrair visitantes. A começar pelo mar e pela natureza. A ilha contém uma enorme lista de praias e baías de rara beleza, como Pulcino, Madonna, Gutgia, Mar Morto, Creta, Pisana, Francesa e Tabaccara, esta última uma piscina natural onde os barcos parecem estar voando sobre a água transparente.

Além disso, a poucos metros de Lampedusa, está a ilha dos Coelhos, que tem um dos litorais mais belos da Itália, onde tartarugas marinhas depositam seus ovos entre o final de agosto e o início de setembro. Mas não é só isso. Essa isolada ilha italiana reserva uma rica gastronomia, e nos seus restaurantes é possível provar iguarias como cannoli de ricota, arancini (bolinho de arroz siciliano) de berinjela, granitas de amêndoas ou pistache e pratos da culinária árabe, o que é fácil de entender devido à proximidade com a Tunísia.

Mas Lampedusa tem suas singularidades. Os seus habitantes não contam com nenhuma sala de cinema e as mulheres precisam viajar de avião para Palermo se quiserem ter um filho. Os únicos bebês que nascem ali são em partos de emergência em mulheres imigrantes.

Lampedusa é uma verdadeira ilha, uma jangada no Mediterrâneo onde se cultiva pouco ou nada. Um lugar onde seus habitantes se alimentam com os peixes tirados de suas águas límpidas. Mas onde a beleza pode nos fazer esquecer do seu histórico de tragédias. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 13/08/2014 ás 7h

Compartilhe

Palco de tragédias, Lampedusa também abriga belezas