Países em desenvolvimento têm de liderar discussão sobre mudanças climáticas, diz Lula

Fonte Agência Brasil. 24/11/2009 às 15h

Outras Notícias

  • às h
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje (24), durante reunião com o presidente da República Tcheca, Václav Klaus, que os países em desenvolvimento devem assumir responsabilidades e a liderança nas discussões durante a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-15), que será realizada em dezembro em Copenhague, na Dinamarca.

“Os países em desenvolvimento têm consciência de suas responsabilidades. O Brasil está fazendo sua parte. Vamos reduzir em quase 40% nossas emissões estimadas para 2020. Acredito que todos os países, especialmente, os mais ricos devem fazer com que a cúpula de Copenhague produza efeitos claros e ambiciosos”, disse Lula.

O governo do Brasil prepara a apresentação de 18 projetos referentes à Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação (REDD), já em execução no país como modelo para os demais participantes. Desse total, 16 estão sendo executados na Amazônia e dois na Mata Atlântica.

Na relação de projetos apresentados estão a parceria entre o governo do Pará e o Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) para implantação de florestas estaduais para reduzir a derrubada de matas e as emissões de gases de efeito estufa na região da Calha Norte (faixa de fronteira no extremo norte do Brasil).

O mecanismo de REDD deve ser incluído no novo acordo climático global, que vai complementar o Protocolo de Quioto pós-2012. No entanto, até agora não há definição sobre os recursos para financiar a redução de emissões por desmatamento.
Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 24/11/2009 ás 15h

Compartilhe

Países em desenvolvimento têm de liderar discussão sobre mudanças climáticas, diz Lula