Oposição venezuelana busca candidato para eventual eleição antecipada

Fonte Ansa flash 25/02/2013 às 21h

Oposição venezuelana busca candidato para eventual eleição antecipadaA MUD, formado por cerca de 20 partidos, está tentando superar as divergências internas e escolher um novo candidato, cujo nome deve ser divulgado nos próximos dias

CARACAS, 25 FEV (ANSA) - A oposição venezuelana continuou nesta segunda-feira a escolher, por consenso, um candidato para enfrentar o chavismo em uma eventual eleição presidencial antecipada.

De acordo com a oposição, o pleito pode ocorrer devido ao estado de saúde do presidente Hugo Chávez, que combate um câncer na pélvis. Após ser operado em Cuba, onde ficou entre dezembro e fevereiro, o mandatário voltou à Venezuela e permanece internado em Caracas.

"Foi decidido que o candidato será escolhido a partir de um consenso de todas as forças políticas aglutinadas na Mesa da Unidade Democrática (MUD)", disse à ANSA Rafael Narváez, membro da aliança opositora.

A MUD, formado por cerca de 20 partidos, está tentando superar as divergências internas e escolher um novo candidato, cujo nome deve ser divulgado nos próximos dias.

Segundo Narváez, o objetivo é que o candidato consiga "unir todos os venezuelanos e deixar de lado isso de oposição e chavismo". "Ele deverá falar de uma Venezuela distinta e com um projeto de país, onde a inclusão seja o eixo fundamental", destacou.

Além de Henrique Capriles Radonski, atual governador do estado de Miranda e ex-candidato presidencial, estão sendo analisados os nomes de Antonio Ledezma, prefeito metropolitano, e Ramón Guillermo Aveledo, atual secretário executivo da MUD.

Também estão no páreo a deputada María Corina Machado, o ex-embaixador nas Nações Unidas Diego Arria e o dirigente social-cristão Eduardo Fernández.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 25/02/2013 ás 21h

Compartilhe

Oposição venezuelana busca candidato para eventual eleição antecipada