Operadoras devem oferecer tecnologia 4G até terça-feira nas sedes da Copa das Confederações

Fonte Agência Brasil 27/04/2013 às 11h

Brasília – Até a próxima terça-feira (30) as quatro principais operadoras de telefonia móvel do país deverão oferecer a tecnologia 4G nas seis sedes das Copa das Confederações. O prazo foi estipulado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), ao leiloar a frequência para a oferta da tecnologia.

Segundo o cronograma estabelecido pela agência, as operadoras de telefonia móvel que adquiriram espectros no leilão têm até a próxima terça-feira (30) para cobrir 50% das áreas das seis cidades-sede da Copa das Confederações: Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Salvador e Fortaleza.

A Claro foi a primeira empresa a lançar o serviço no Brasil. Além das cidades que sediarão a Copa das Confederações, o 4G da operadora está disponível em São Paulo, Porto Alegre, Curitiba, Paraty, Campos do Jordão e Búzios.

A Oi anunciou na última quinta-feira (25) o início da operação de sua rede 4G no Rio de Janeiro e, nas demais cinco cidades, a pré-venda e as ofertas comerciais começarão na primeira quinzena de maio. A Oi e a TIM fizeram um acordo para compartilhamento da rede de acesso de rádio (RAN Sharing), que foi aprovado pelo Conselho Diretor da Anatel temporariamente.

Nesta primeira fase, a TIM vai ofertar o serviço no Recife e a Oi será responsável por Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza e Salvador. Na segunda fase, para atender ao prazo da Anatel que determina ativação do 4G até 31 de dezembro nas cidades-sede da Copa do Mundo, a TIM ficará com São Paulo, Natal e Curitiba e a Oi com Manaus, Porto Alegre e Cuiabá.

A TIM e a Vivo vão detalhar seus planos de investimentos em 4G no último dia do prazo, na próxima terça-feira (30). A TIM vai fazer uma videoconferência com o presidente da empresa no Brasil, Rodrigo Abreu.

O serviço da Vivo vai ser anunciado em um evento em São Paulo, com a presença do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, e do presidente da Anatel, João Rezende. A empresa garante que o 4G estará disponível nas cidades do evento, mas ainda mantém mistério sobre a possibilidade do início da oferta do produto também em São Paulo, considerado o maior mercado do país.

Ainda de acordo com o cronograma estabelecido pela Anatel, as sedes e subsedes da Copa do Mundo deverão ter o serviço 4G disponível em 50% da área urbana até 31 de dezembro de 2013. Todas as capitais do país e os municípios com mais de 500 mil habitantes terão a tecnologia 4G até dezembro de 2014. As cidades com mais de 200 mil habitantes serão contempladas em dezembro de 2015 e as com mais de 100 mil habitantes, até dezembro de 2016. Os municípios que têm entre 30 mil e 100 mil habitantes serão atendidos até dezembro de 2017.

A tecnologia 4G promete velocidades de internet banda larga móvel (por meio do celular) até dez vezes mais rápidas do que o sistema utilizado atualmente no Brasil, que é o 3G. Para acessar a internet rápida com o 4G é preciso comprar aparelhos específicos para essa tecnologia.

A tecnologia que está sendo oferecida pelas empresas é na faixa de frequência de 2,5 giga-hertz, que foi leiloada no ano passado pela Anatel. O governo ainda deve fazer a licitação de uma nova faixa, de 700 mega-hertz, no ano que vem para a tecnologia 4G.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 27/04/2013 ás 11h

Compartilhe

Operadoras devem oferecer tecnologia 4G até terça-feira nas sedes da Copa das Confederações