ONU suspende parcialmente sanções a Bin Laden, morto em 2011

Fonte Agência Brasil* 27/02/2013 às 15h

 

Brasília – O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) retirou Osama Bin Laden, morto há quase dois anos, da sua lista de sanções. O órgão manteve, porém, o congelamento dos bens do ex-líder da Al Qaeda, que morreu em maio de 2011, durante ação militar norte-americana no Paquistão, onde estava escondido

Em comunicado, o comitê de sanções da ONU informa que o nome de Bin Laden foi retirado da lista de pessoas atingidas por uma proibição de viajar e um embargo sobre armas.

Há cerca de oito anos, o Conselho de Segurança aprovou uma resolução que intensificou as sanções internacionais contra a Al Qaeda e o Talibã. Na ocasião, foram proibidas viagens de pessoas relacionadas a esses grupos, assim como o comércio de armas. A resolução foi proposta pelos representantes dos Estados Unidos.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa.

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 27/02/2013 ás 15h

Compartilhe

ONU suspende parcialmente sanções a Bin Laden, morto em 2011