Olimpíada deixa legado para turismo de eventos e negócios no Rio

Fonte Ministério do Turismo* 13/08/2016 às h

Localizado ao lado da Vila Olímpica e a cinco minutos do Núcleo do Parque Olímpico do Rio, o Riocentro – maior centro de convenções do Brasil – é palco de diversas competições olímpicas e paralímpicas. A estrutura do centro de convenções bem como o entorno passaram por obras de revitalização que ficarão entre um dos mais representativos legados para o turismo de eventos e negócios do país.  As adaptações levaram em conta o fato de o Riocentro ser palco de grandes acontecimentos internacionais chegando a receber, em média, 90 eventos por ano.

O espaço continuará a ser usado para a promoção de eventos após a Olimpíada. Entre as melhorias para receber modalidades como levantamento de peso, tênis de mesa, badminton e boxe, o Riocentro ganhou um novo pavilhão. O Ministério do Turismo aportou recursos financeiros da ordem de R$ 6,5 milhões na empresa Rio Centro S.A. equivalentes a 7,3 milhões de ações ordinárias ou a 9,24% do capital social da empresa. Segundo a Demanda Turística Internacional de 2015, da Pasta, 20,2% dos estrangeiros vieram ao país motivados por Negócios, Eventos e Convenções.

“O Turismo de Negócios e Eventos é um importante segmento no Brasil e o Ministério do Turismo trabalha para melhorar a infraestrutura de centros de convenção em todo o país com obras de ampliação e reforma, com o intuito de reforçar essa importante área do turismo nacional”, explicou o ministro interino do Turismo, Alberto Alves.

Apenas nos últimos anos, o Riocentro foi sede da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável Rio+20, em 2012, e do International Broadcast Centre (IBC), da Copa do Mundo de 2014. Por isso, a expectativa é que, após os jogos, o local se manterá como uma referência para a realização de eventos.

MELHORIAS - Por conta da instalação do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, foram feitas intervenções de requalificação urbana que incluíram adoção de padrões de acessibilidade, uso de iluminação eficiente, duplicação das avenidas Abelardo Bueno e Salvador Allende e implantação de corredor para tráfego do BRT.

Além disso, o legado da mobilidade foi ampliado com a construção dos terminais Olímpico (conexão dos BRTs Transolímpica e Transcarioca) e do Recreio. O Complexo Viário do Parque Olímpico integra o próprio parque, a Vila dos Atletas, o Parque dos Atletas e o Riocentro.

*Com informações do Rio Media Center

Ministério do Turismo*
Fonte Ministério do Turismo* 13/08/2016 ás h

Compartilhe

Olimpíada deixa legado para turismo de eventos e negócios no Rio