Oficina em Minas Gerais trata de produtos da biodiversidade

Fonte Ministério do Meio Ambiente 16/08/2014 às 11h
A cidade de Montes Claros (MG) recebeu a oficina 'Acesso a Mercados Institucionais"' promovida pelo Centro de Agricultura Alternativa (CAA) encerrada nesta sexta-feira (15). Com o apoio do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e parceria da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o objetivo é aprofundar o conhecimento com as organizações de agricultores familiares e extrativistas sobre os programas de aquisição de alimentos do governo federal e os aspectos práticos da formalização e contratação de projetos.

Para o secretário de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do MMA, Paulo Guilherme Cabral, que participa da oficina, a comercialização dos produtos da sociobiodiversidade é etapa fundamental para agregar valor a essas cadeias produtivas. “A comercialização desses produtos garante maior sustentabilidade ao extrativismo.”

Em parceria com outros órgãos do governo federal, o MMA apoia as estratégias de acesso ao mercado por meio da subvenção a 15 produtos, a exemplo do pequi, da borracha, da castanha do Brasil, da fibra de piaçava, da amêndoa de babaçu. No Norte e Noroeste de Minas, o pequi e demais frutos do cerrado têm atenção especial por meio de programas desenvolvidos pelo Departamento de Extrativismo do MMA e pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB).
Ministério do Meio Ambiente
Fonte Ministério do Meio Ambiente 16/08/2014 ás 11h

Compartilhe

Oficina em Minas Gerais trata de produtos da biodiversidade