Oficina capacita profissionais em sistemas agroecológicos

Fonte Embrapa 06/08/2014 às 22h
Aprimorar conceitos e tipos de agroecossistemas foi a temática da primeira oficina oferecida pelo curso 'Gestão Econômica da Transição Agroecológica', realizado em Seropédica (RJ). Os participantes conheceram conceitos e tipos de agroecossistemas e também visitaram propriedades agroecológicas nos municípios fluminenses de Seropédica e Itaguaí.

A capacitação, realizada entre 28 e 30 de julho, buscou a aplicação da metodologia de análise econômica dos sistemas agroalimentares e agroecossistemas em todo estado. "Não tem uma receita de bolo, o que se tem são algumas experiências que já deram certo em alguns locais e que vão preparar o nosso olhar", disse o coordenador-executivo da Associação para a Agricultura Familiar e Agroecologia (AS-PTA), Paulo Petersen.

De acordo com a pesquisadora da Embrapa Agrobiologia, Cristhiane Amâncio, uma das organizadoras da oficina, a intenção é trabalhar uma visão mais sistêmica da propriedade rural.

Ela ressalta que durante a transição de um sistema tradicional para um agroecológico não deve ser considerada apenas a sustentabilidade ambiental. "Há mudanças nas características culturais, estruturais e ecológicas dos sistemas já estabelecidos e, inclusive, muitos agricultores apresentam dificuldades, especialmente de natureza econômica", explicou.

Sobre a oficina

A oficina é o primeiro módulo do curso Gestão Econômica da Transição Agroecológica, que pretende formar multiplicadores capazes de orientar e assistir os agricultores fluminenses em fase de transição agroecológica.

Ao todo serão três módulos até o final do ano. A previsão é de que o segundo módulo, sobre fluxos econômicos, seja realizado em setembro e de que o terceiro, sobre métodos de sistematização de experiências, ocorra em novembro.

O curso Gestão Econômica da Transição Agroecológica faz parte do projeto Ambientes de Interação Agroecológica: ensino, pesquisa e expressões da agroecologia no Estado do Rio de Janeiro, liderado pela UFRRJ, com a parceria de outras instituições, como a Embrapa Agrobiologia e a Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro (AARJ).


Embrapa
Fonte Embrapa 06/08/2014 ás 22h

Compartilhe

Oficina capacita profissionais em sistemas agroecológicos