OEA enviará representantes para acompanhar eleições presidenciais venezuelanas

Fonte Agência Venezoelana de Notícias* 13/04/2013 às 21h

 

Brasília - O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, confirmou a participação de dois representantes do órgão nas eleições presidenciais da Venezuela, que acontecem neste domingo (14). Ao todo, mais de 170 observadores internacionais acompanharão as eleições venezuelanas.

Segundo Insulza, Bill Richardson, que foi governador do estado americano Novo México, de 2003 a 2011, e o secretário de Relações Exteriores da OEA, Alfonso Quiñónez, acompanharão de perto a escolha do novo presidente venezuelano. Richardson, que também foi embaixador dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas (ONU), vai liderar a equipe da OEA.

Também acompanharão o pleito o Centro Carter (organização não governamental norte-americana), a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) e deputados de diferentes tendências políticas do Parlamento Europeu.

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Dias Toffoli e o chefe da Assessoria Internacional (AIN) do TSE, Tarcísio Costa, serão os representantes brasileiros da Unasul, em Caracas.

Segundo Costa, ao final da missão, os representantes vão fazer um relatório com o registro do que foi observado, e se necessário, com recomendações, que será entregue ao governo venezuelano

Insulza disse acreditar que as eleições serão realizadas em uma atmosfera de calma e normalidade. Ele reconheceu que é difícil avaliar a vida política da Venezuela, a partir de uma situação delicada, como a morte do líder da Revolução Bolivariana, Hugo Chávez.

*Com informações do Tribunal Superior Eleitoral

Agência Venezoelana de Notícias*
Fonte Agência Venezoelana de Notícias* 13/04/2013 ás 21h

Compartilhe

OEA enviará representantes para acompanhar eleições presidenciais venezuelanas