O competitivo SER Glass Eternity mostra que pode brigar pelos títulos da temporada de vela oceânica

Fonte Local da Comunicação 14/04/2013 às 10h

 

Com quinta colocação na estreia da Copa Suzuki Jimny, tripulação comandada por Marcelo Bellotti terá importantes desafios em 2013 como o Brasileiro de HPE e a Rolex Ilhabela Sailing Week

Ilhabela - O desempenho da equipe SER Glass Eternity no primeiro desafio da temporada nacional de vela oceânica credencia o barco como um dos favoritos a vencer os principais eventos da classe HPE em 2013. A categoria é uma das mais fortes do País com a participação de atletas profissionais, medalhistas olímpicos, pan-americanos e mundiais. Neste sábado (13), em Ilhabela, o time comandado por Marcelo Bellotti estreou com a quinta colocação na regata de abertura da Copa Suzuki Jimny, circuito com quatro etapas durante o ano. Além desse evento, os atletas treinam forte para levar a medalha de ouro em outras competições top da categoria como o Brasileiro de HPE, marcado para maio, e a Rolex Ilhabela Sailing Week, em julho.

"Nossa equipe está bem treinada e o primeiro teste mostrou que estamos no caminho certo. Temos um barco rápido nas mãos e a tendência é ganhar ainda mais ritmo para conquistar os títulos da temporada. Nosso próximo foco é o Campeonato Brasileiro de HPE, que será na mesma raia em Ilhabela. Porém, é importante somar pontos na Copa Suzuki Jimny, um evento de alto nível técnico e de longa duração", revelou Marcelo Bellotti.

Mais do que o resultado na estreia da Copa Suzuki, a tripulação do SER Glass Eternity comemorou o desempenho na prova disputada debaixo de muita chuva e ventos fortes de até 20 nós no Canal de São Sebastião. O barco largou bem, cruzou a primeira boia em segundo lugar e liderou a regata na maior parte do tempo. Porém, no último trecho, a tripulação optou pelo lado que teve menos vento e acabou perdendo 10 posições. Com uma corrida de recuperação no vento de popa, o time cruzou a linha de chegada em quinto lugar.

"Fica um gosto amargo apenas pelo quinto lugar, mas não podemos deixar de ver o lado bom da regata de estreia. Estivemos na liderança por um bom tempo e com ritmo forte. O nosso desempenho nos deixa confiante", reforçou o comandante Marcelo Bellotti, que teve a companhia de Diogo Aguiar (trimagem da vela mestra), Hélio Rubens Mateus (proa) e Duda Molina (Genoa e a gestão de manobras).

Sobre o frio e a chuva, Bellotti emendou: "Na hora da regata a gente nem sente o tempo ruim. O único detalhe que chegou a nos atrapalhar foi a falta de visibilidade por causa da forte chuva. O duro é quando a gente volta pra terra todo molhado. Aí o frio bate".

A equipe SER Glass de HPE é a única a levar dois barcos para a disputa da Copa Suzuki Jimny. O outro time na competição é o SER Glass 10 anos (Trajano Kelmer), que ficou em 13º na regata deste sábado. A ideia é trazer para a vela o mesmo conceito da Fórmula 1, em que duas escuderias trabalham sob o mesmo teto na busca pelo título individual de seus pilotos. Mas não se engane: na competição, é cada um para si. Pelo menos no caso da vela.

A classe está reunindo em Ilhabela 16 embarcações. Neste domingo (14), estão previstas até três regatas, a partir do meio-dia.

Resultados
1- Relaxa/Next Caixa (Maurício Santa Cruz)
2- Jimny Take Ashauer (Casio Ashauer)
3- Ginga (Breno Chvaicer)
4- SX4/Bond Girl (Rique Wanderley)
5- SER Glass Eternity (Marcelo Bellotti)
Sobre a SER Glass
A SER Glass é fabricante do vidro blindado Eternity e está no mercado desde 2005. Aliando estudos e tecnologia, em 2009 a empresa iniciou a produção de vidros blindados cuidadosamente testados e que obedecem aos mais rígidos padrões de qualidade e tecnologias mundiais.

Atualmente, a SER Glass absorve cerca de 15% da produção nacional de vidros blindados e desenvolve cerca de 10 modelos de novos veículos a cada mês. É a única no país com equipamentos e softwares para montar projetos dos vidros blindados em 3D. Além disso, é a primeira empresa do Brasil a oferecer 10 anos de garantia contra a delaminação do vidro.

A fábrica, localizada em São Bernardo do Campo (SP), possui uma área de mais de 10 mil metros quadrados e segue em suas instalações todos os requisitos de segurança, normas ambientais e padrões internacionais de laboratório.


Local da Comunicação
Fonte Local da Comunicação 14/04/2013 ás 10h

Compartilhe

O competitivo SER Glass Eternity mostra que pode brigar pelos títulos da temporada de vela oceânica