Novo estudo deixa corpo de rato transparente

Fonte ANSA 08/08/2014 às 10h
Pesquisadores desenvolvem técnica para aperfeiçoar diagnósticos.

ROMA•ZBF

(ANSA) - Pesquisadores da California Institute of Technology (Caltech) deixaram um rato transparente. A nova técnica, que faz com que órgãos e corpos inteiros fiquem translúcidos, é apontada como o início de uma nova geração nas pesquisas biomédicas nos diagnósticos e tratamento de doenças.

A novidade foi publicada na revista Cell e vai facilitar o mapeamento em 3D de organismos inteiros e o estudo da conexão entre corpo e cérebro. A técnica, batizada como "Clarity" (claridade, em inglês) havia sido usada até agora somente para deixar o cérebro transparente.

A prática prevê que o tecido seja englobado dentro de um hidrogel (gel a base de água) para preservar a estrutura 3D e as características moleculares. Também são usados detergentes para a retirada dos lipídios que tornam os tecidos opacos.

Para usar o "Clarity" também sobre órgãos e corpos inteiros, os pesquisadores injetaram o hidrogel e os reagentes diretamente no sangue dos roedores ainda íntegros. Uma vez dentro da corrente sanguínea, os reagentes deixaram os órgãos transparentes (como rins, coração, pulmão e intestino), em dois ou três dias. Mas para descolorir o cérebro e o corpo inteiro é necessário esperar duas semanas após a aplicação. Os pesquisadores também colocaram os órgãos e corpos do estudo mergulhados na solução para conservá-los a longo prazo e estudá-los. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 08/08/2014 ás 10h

Compartilhe

Novo estudo deixa corpo de rato transparente