Nobel que idealizou tratado de armas elogia contribuição da Costa Rica

Fonte Ansa flash 02/04/2013 às 19h

O presidente da Costa Rica, Oscar Arias, destacou sua surpresa ao ver que a "aventura" proposta por ele em 1997 tenha tido êxito na Assembleia Geral da ONU

SAN JOSÉ, 2 ABR (ANSA) - O tratado sobre o comércio de armas aprovado hoje pela Organização das Nações Unidas (ONU) "é a maior contribuição da Costa Rica para a humanidade em toda sua história", afirmou o presidente do país e Prêmio Nobel da Paz, Oscar Arias, um dos idealizadores do projeto.

Segundo ele, a medida "é um triunfo da autoridade moral que tem este pequeno país". O mandatário também destacou sua surpresa ao ver que a "aventura" proposta por ele em 1997 tenha tido êxito.

Ainda de acordo com Arias, este é um marco na diplomacia costarriquense, que apresentou a iniciativa. Ele, no entanto, enfatizou que ainda existe um caminho a ser percorrido, mas que este foi um grande passo.

A Assembléia Geral da ONU aprovou hoje o primeiro tratado internacional que regula o comércio de armas. O projeto foi aprovado com 154 votos a favor, três contra -- de Síria, Irã e Coreia do Norte --, além de 23 abstenções, entre elas de países como Rússia, Cuba, Venezuela e Bolívia.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 02/04/2013 ás 19h

Compartilhe

Nobel que idealizou tratado de armas elogia contribuição da Costa Rica