No caldeirão Lineu de Moura, São José vence o Flamengo, na prorrogação, e empata a série semifinal em 1 a 1

Fonte Liga Nacional de Basquete 19/05/2012 às 9h

No caldeirão Lineu de Moura, São José vence o Flamengo, na prorrogação, e empata a série semifinal em 1 a 1

Empurrado pela torcida que lotou o ginásio Lineu de Moura, o São José/Unimed/Vinac venceu o Flamengo, por 107 a 99, na prorrogação, e empatou a série semifinal do NBB em 1 a 1. O NBB é um campeonato organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB) em parceria com aRede Globo e com patrocínio Eletrobras, Caixa,Penalty e Netshoes.

O armador do São José, Fúlvio, foi o cestinha da partida, com 29 pontos, seguido pelo ala Andre Laws, que anotou 25. Outro jogador que também se destacou foi o pivô Murilo, que marcou um duplo-duplo de 20 pontos e 13 rebotes. Pelo lado do Flamengo, os alas Marcelinho e David Jackson foram os principais pontuadores, com 25 pontos.

O primeiro quarto começou bastante disputado. As defesas de ambas as equipes não conseguiram segurar o ímpeto dos ataques, que utilizaram bastante os pivôs e acertaram a mão nos arremessos. O time da casa conseguiu abrir uma boa vantagem nos primeiros minutos (14 a 4), mas permitiu que o Flamengo, liderado por Marcelinho, empatasse no final do período (24 a 24).

A equipe do Flamengo voltou um pouco melhor para o segundo quarto e não deixou os joseenses trocarem passes no ataque com a mesma facilidade de antes. A equipe carioca chegou a abrir cinco pontos de frente, mas, ao longo da etapa, o São José se recuperou na partida e voltou a equilibrar o jogo. O ala David Jackson foi peça importante nesse período, anotando 12 pontos, que deram a liderança parcial por 44 a 38.

Na volta do intervalo, o time da casa centralizou a maioria das jogadas no armador Fúlvio, enquanto que o Flamengo optava pelo jogo coletivo. O time carioca chegou a abrir nove pontos de vantagem, mas, com duas roubadas de bola e uma cravada de Andre Laws, o São José pôs fogo novamente no jogo e diminuiu a vantagem para dois pontos. A partir daí, os rubro-negros melhoraram a marcação e conseguiram retomar o controle da partida, fechando o período em 68 a 60.

O último quarto foi corrido e muito disputado como toda a partida. A equipe de São José buscou o placar com toda a força, mas teve dificuldade para controlar o time adversário, que se manteve confiante em quadra. Ponto a ponto as duas equipes chegaram para os últimos segundos da partida com vantagem para o Flamengo. Faltando 13 segundos para o final, os cariocas lideravam o confronto por 88 a 85. Na posse de bola joseense, o ala Dedé acertou uma bola de 3 pontos sensacional, que levou a partida para a prorrogação (88 a 88).

No tempo extra, a equipe de São José manteve o embalo e não deixou o Flamengo fazer um ponto sequer nos primeiros dois minutos. Mesmo com dor no joelho, Murilo ficou em quadra e ajudou São José a abrir nove pontos de frente (97 a 88). Faltando pouco mais de dois minutos para o final, o Flamengo encostou dois pontos no marcador (97 a 95), mas o time da casa controlou a bola e conseguiu manter o resultado positivo até o final.

“A vitória foi sensacional. Temos a vantagem de jogar em casa mais uma vez e temos que aproveitar toda essa atmosfera. Sabemos que será muito difícil, mas esse resultado nos dá moral para brigarmos por essa vaga na final”, disse o ala do São José, Dedé.

As duas equipes voltam a se enfrentar no domingo (dia 20), novamente em São José dos Campos.

“São dois times muito parelhos e estão se conhecendo mais a cada jogo. Vai ser mais uma partida muito disputada”, finalizou o técnico do Flamengo, Gonzalo Garcia.

Liga Nacional de Basquete
Fonte Liga Nacional de Basquete 19/05/2012 ás 9h

Compartilhe

No caldeirão Lineu de Moura, São José vence o Flamengo, na prorrogação, e empata a série semifinal em 1 a 1