O seu canal de notícias do Brasil e do Mundo.

      

NBB - Reencontro em grande estilo

Fonte Liga Nacional de Basquete 12/04/2013 às 12h

 

No retorno de Hélio Rubens ao “Pedrocão”, Franca precisa vencer Uberlândia para confirmar vaga no G-4

Pela primeira vez na história do NBB, Hélio Rubens duelará contra Franca, de Lula Ferreira, no "Pedrocão" (Montagem/LNB)

Não poderia ser melhor o cenário para o retorno do técnico Hélio Rubens ao Ginásio do “Pedrocão”. Com expectativa de casa cheia, o Vivo/Franca receberá o Unitri/Universo, atual equipe do experiente treinador, nesta sexta-feira, às 21 horas (de Brasília) e precisa da vitória para confirmar a quarta colocação da fase de classificação da atual temporada do NBB. O confronto será transmitido ao vivo para todo o Brasil pelo canal SporTV.

A partida é de total importância para o esquadrão francano. Com a vitória do Paschoalotto/Bauru sobre o Icatu/Minas, na última quinta-feira, o time dirigido por Lula Ferreira tem a obrigação de vencer o duelo para terminar a primeira etapa do campeonato nacional entre os quatro primeiros colocados e consequentemente avançar direto para a fase de quartas de final. Enquanto isso, do outro lado, a agremiação do triângulo mineiro já está garantida na terceira posição.

“O que a gente espera é confirmar o objetivo do time no começo da temporada: classificar entre os quatro primeiros. Para isso, a vitória contra o Uberlândia é crucial”, disse Lula.

Apesar de saber da importância de um triunfo sobre os uberlandenses, o atual comandante francano tem ciência de que sua equipe precisa melhorar seu rendimento para sair vitoriosa. O grande trunfo da equipe é sua poderosa defesa. O time do interior paulista é dono do melhor trabalho defensivo da temporada e sofre em média apenas 72,12 pontos por jogo.

“Esse jogo é um clássico do basquete brasileiro, uma partida que já se tornou uma tradição dentro do basquete. O time precisa corresponder à torcida e a correspondência vem pela defesa. Nossa equipe tem que jogar muito mais do que vem jogando, apesar de estar apresentando ótimo desempenho e ter a melhor defesa do campeonato. Para ganhar esse jogo, temos que subir um patamar. Mas confiamos em nosso time, que é jovem, porém vem correspondendo plenamente às expectativas da torcida”, completou o comandante francano.

Enquanto Franca tem motivos de sobra para encarar a partida como uma decisão, a agremiação da cidade de Uberlândia não depende do resultado para mudar sua posição na tabela de classificação. Porém, o retorno de Hélio Rubens a sua cidade natal faz com que o duelo ganhe importância para a equipe.

“Estou me sentindo muito bem. O esporte propicia esse tipo de situação, que é normal e muito agradável. Então vamos jogar e apresentar o nosso melhor possível, sempre em busca da vitória. Não importa o que as pessoas vão pensar, cada torcedor pensa de um jeito. Há vários tipos de torcedores, os que apoiam, os que falam mal, os que gostam, os que não gostam, isso é normal, mas estamos muito tranquilos”, explicou o treinador, que dirigiu a equipe francana nas quatro primeiras edições do NBB, além de ser um dos principais personagens da história do basquete na cidade paulista.

Com a tranquilidade de já ter o terceiro posto na tabela de classificação assegurado, o time do Estado de Minas Gerais utilizará a partida como uma forma de se preparar para as Finais do NBB. A equipe terá um período de 14 dias sem entrar em quadra e o confronto diante dos francanos será a última oportunidade de os jogadores adquirirem um maior entrosamento para a fase de quartas de final da competição nacional

“É um jogo como todos os outros. Se fosse contra o 18º colocado nós jogaremos da mesma forma, sempre em busca de vitória. Ainda estamos em busca de um maior entrosamento, temos muito a melhorar. Nós vamos vivenciar este jogo como se fosse o último de nossas vidas, vamos jogar para ganhar”, concluiu Hélio Rubens.

Curiosidades da partida:

Superioridade uberlandense
No histórico do confronto entre as equipes no NBB ocorreram cinco partidas, com três vitórias para o Uberlândia e duas para o Franca.

Day é 3!
Parte da boa fase que o terceiro colocado, Uberlândia, vive no NBB se deve às boas atuações do ala Robert Day. O camisa 31 é o terceiro cestinha da temporada, com média de 18,85 pontos por partida. Boa parcela destes pontos vem através de sua mira certeira nos arremessos longos. O norte-americano é o terceiro jogador que mais converte tiros para 3 pontos no torneio, com média de 3,3 por jogo. Todos estes números colocam Day no terceiro lugar no ranking de eficiência na quinta edição da maior competição do basquete brasileiro, com média de 21,06 de valoração por confronto.

500
Ao pegar seu primeiro rebote na partida, o ala norte-americano Robert Day atingirá a marca de 500 rebotes no NBB.

Gringos em busca do 400
Líderes em assistências de suas equipes na temporada, Robby Collum, do Uberlândia, e Figueroa, do Franca, podem completar 400 passes perfeitos. O norte-americano do time mineiro precisa efetuar três servidas, enquanto o argentino da equipe francana atingirá a marca se der nove.

Um dos melhores ataques
O ataque é o principal triunfo da equipe mineira na quinta edição do NBB. O time comandado é dona do quarto melhor ataque da temporada, com média de 84,24 pontos por partida.

Os garçons
A grande quantidade de pontos que o Uberlândia faz se deve também ao forte jogo coletivo da equipe e ao alto número de assistências distribuídas por partida. O time dirigido por Hélio Rubens tem a maior média de passes perfeitos da atual temporada (17,88 por jogo).

A melhor defesa
A maior arma do Franca nesta temporada do NBB foi a defesa. Os comandados de Lula Ferreira sofrem em média apenas 71,12 pontos por jogo, além de ser o time que mais rouba bolas no campeonato, com média de 10,3 desarmes por confronto. De quebra, a equipe do interior paulista é a que mais dá tocos e soma média de 3,64 rejeições por partida.

Jogo interno
Além da boa defesa, uma das características do time francano é de não efetuar muitos arremessos de 3 pontos, e sim, optar pelas infiltrações. O reflexo desse estilo de jogo é o número de bolas de 2 pontos que a equipe converte por jogo. O Franca é o líder no fundamento, com média de 24,39 por partida.

Boas sequênciasAs duas equipes vêm de bons resultados no NBB. Os uberlandenses somam sete vitórias seguidas, enquanto que os francanos venceram seus últimos seis compromissos na competição. Curiosamente, as duas últimas derrotas dos times foram para o Palmeiras, no Ginásio Palestra Itália, em São Paulo.

Primeiro turno
Jogando em casa, o Uberlândia segurou a reação do Franca no segundo tempo, e venceu pelo placar de 91 a 87. O destaque da partida foi Robert Day, que registrou 21 pontos. Enfrentando seu ex-time pela primeira vez no NBB, Helinho não decepcionou e anotou 19 pontos contra os francanos.

Liga Nacional de Basquete
Fonte Liga Nacional de Basquete 12/04/2013 ás 12h

Compartilhe

NBB - Reencontro em grande estilo