NBB - Pela liderança

Fonte Liga Nacional de Basquete 01/04/2013 às 17h

NBB - Pela liderança

 

Flamengo visita Pinheiros em São Paulo para garantir primeiro lugar da fase de classificação do NBB 2012/2013.

O Flamengo está a apenas uma vitória de garantir matematicamente a primeira posição da primeira fase da atual temporada do NBB. Nesta segunda-feira, o esquadrão rubro-negro terá a primeira chance de confirmar o lugar mais alto da tabela de classificação. Porém, a missão não será nada fácil. O adversário será o Pinheiros/SKY, no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, em São Paulo, às 19h15 (de Brasília).

Com 27 triunfos em 30 partidas disputadas na competição nacional (90% de aproveitamento), o clube carioca está em uma situação confortável. O Uniceub/BRB/Brasília, dono da segunda colocação, possui uma campanha de 25 resultados positivos em 31 partidas realizadas, e caso vença todos os três compromissos restantes na etapa inicial do campeonato chegará a 28 vitórias.

Como o esquadrão comandado pelo técnico José Neto possui vantagem em um possível empate entre as equipes (os flamenguistas venceram a partida do primeiro turno por 14 pontos de diferença e foram derrotados no segundo turno por 12 pontos), bastaria mais um êxito para o Flamengo assegurar matematicamente a ponta da tabela e o mando de quadra em todas as fases dos playoffs, inclusive em uma possível final.

Depois de acumular 20 jogos sem perder no início do campeonato, o time do Rio de Janeiro passou por uma fase turbulenta entre os meses de fevereiro e março. No dia 16 de fevereiro, a equipe teve sua invencibilidade quebrada pelo Vivo/Franca, no Rio de Janeiro. Na sequência, foram mais duas derrotas, para Brasília e Paschoalotto/Bauru, além da eliminação na segunda fase da Liga das Américas 2013. Porém, o momento ruim já faz parte do passado, e após três vitórias seguidas, a equipe está a um passo de confirmar a liderança da fase de classificação.

“Posso dizer que os erros do passado serviram para nossa equipe melhorar como time. Foi isso que aconteceu com a gente. Felizmente usamos nossas falhas para melhorar nos treinos diários e estamos colhendo os resultados desse empenho da equipe”, explicou o técnico José Neto.

Flamengo já venceu o Pinheiros duas vezes nesta temporada: uma pelo NBB e outra pela Liga Sul-Americana (Alexandre Vidal/Fla Imagem)

Para sair vitorioso em solo paulista, o Flamengo não terá um confronto tranquilo. Do outro lado da quadra estará o Pinheiros, que ainda luta para chegar ao G-4 e garantir o direito de se classificar direto às quartas de final do NBB. Em alta na temporada, o time comandado pelo experiente técnico Cláudio Mortari venceu cinco de seus últimos seis compromissos no maior campeonato de basquete do país e também avançou ao Final Four da Liga das Américas.

“É mais uma partida difícil, como são todas no NBB. Jogaremos em casa e temos condições de vencer o Flamengo, mas precisamos ter muita atenção e concentração. Apesar da sequência de jogos, temos que manter o ritmo para podermos fazer uma boa partida”, disse o ala/pivô Rafael Mineiro.

O esquadrão pinheirense se encontra na quinta posição e uma vitória nesta segunda-feira pode fazer com a equipe iguale a campanha do Bauru, dono do quarto lugar. Até o momento, o clube da capital paulista soma 21 triunfos em 31 partidas realizadas (67.7% de aproveitamento), enquanto que os representantes do interior do Estado de São Paulo disputaram 32 jogos e saíram vitoriosos em 22 oportunidades (68.7% de aproveitamento).

Mas, por terem vencido o Pinheiros nos dois confrontos da fase inicial do NBB, a vantagem no confronto direto é dos bauruenses. Sendo assim, a agremiação da cidade de São Paulo terá que seguir vencendo e torcer por um tropeço do time dirigido pelo técnico Guerrinha para chegar ao grupo dos quatro primeiros colocados.

“Estamos brigando pelo G-4 e vai ser um jogo duro. Queremos terminar a fase de classificação em uma boa posição porque faz muita diferença depois”, comentou o ala norte-americano Shamell, terceiro cestinha da equipe na competição nacional, com média de 15,5 pontos por jogo.

No duelo válido pelo primeiro turno, o Flamengo não teve dificuldades para vencer o Pinheiros. Jogando em seus domínios, no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), o time rubro-negro contou com boas atuações dos ex-pinheirenses Olivinha e Marquinhos, que marcaram 23 e 22 pontos, respectivamente, para vencer o clube paulista, pelo placar de 102 a 85.

Curiosidades da partida:

Para fazer história
Caso anote sete pontos ou mais, o norte-americano Shamell será o terceiro jogador na história do NBB a atingir a marca de 3.000 pontos. Os outros atletas a atingirem tal feito são Marcelinho Machado, do Flamengo, e Alex, do Brasília.

Vantagem carioca
Ao todo, as equipes já se enfrentaram 12 vezes na história do NBB e os rubro-negros levaram a melhor em oito oportunidades.

Retorno
Depois de defenderem o Pinheiros nas últimas temporadas, Marquinhos e Olivinha voltarão ao Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim pela segunda vez após deixarem o clube paulista. O primeiro reencontro da dupla com a quadra pinheirense aconteceu em novembro de 2012, durante as disputas do Grupo E da Liga Sul-Americana.

Desfalque
Com uma lesão muscular, o pivô paraguaio Guillermo Araujo, do Pinheiros, está fora do confronto desta segunda-feira.

 

Liga Nacional de Basquete
Fonte Liga Nacional de Basquete 01/04/2013 ás 17h

Compartilhe

NBB - Pela liderança