O seu canal de notícias do Brasil e do Mundo.

      

NBB - Imparável

Fonte Liga Nacional de Basquete 27/02/2013 às 9h

Com 40 pontos, Nezinho comanda vitória do Brasília sobre Basquete Cearense na prorrogação; atuais tricampeões chegam ao 11º triunfo consecutivo no NBB

Imparável. É com essa palavra que se pode definir a atuação de Nezinho no Ginásio da Unifor, em Fortaleza (CE), nesta terça-feira. Em partida adiada da 21ª rodada do campeonato, o armador registrou a marca de 40 pontos e comandou a vitória do Uniceub/BRB/Brasília sobre o Basquete Cearense, na prorrogação, pelo placar de 104 a 100. Este foi o 11º resultado positivo dos candangos na competição nacional.

Com sua brilhante atuação em solo nordestino, Nezinho somou a melhor pontuação de sua carreira no NBB e igualou o recorde de tentos da temporada, registrado por Paulinho, do Pinheiros/SKY, diante do Vila Velha/Garoto/UVV, no dia 13 de dezembro de 2012. Para construir seu desempenho acima da média, o armador candango marcou 15 pontos no terceiro quarto, além de registrar 11 dos últimos 13 pontos da equipe brasiliense no tempo normal do confronto.

Agora, a equipe da capital federal possui a campanha de 20 vitórias e quatro derrotas (83,3% de aproveitamento) e segue na segunda colocação na tabela de classificação, na cola do líder Flamengo, que soma 22 triunfos em 24 partidas disputadas (91,6% de aproveitamento).

Do outro lado, André Góes também bateu seu próprio recorde de pontuação em todas as edições do NBB, ao deixar a quadra com 31 pontos. Com o revés, o time comandado pelo técnico Alberto Bial segue na parte intermediária da tabela de classificação, na décima colocação, com 11 vitórias em 24 jogos disputados (45,83% de aproveitamento).

As duas equipes começaram o duelo com tudo. Em menos de quatro minutos jogados, o placar já apontava 11 a 10 para os donos da casa, que contaram com um bom início do experiente Rogério. Foi então, que os cearenses passaram a dificultar as ações dos rivais na partida e conseguiram abrir uma boa diferença no placar. Sendo assim, a parcial inicial se encerrou com o esquadrão nordestino na frente, por 28 a 21.

Logo no início do segundo quarto, Brasília tratou de equilibrar as ações. Com uma “chuva” de bolas de três pontos certeiras – nas mãos de Giovannoni, Rossi e Nezinho, duas vezes -, a equipe chegou até a assumir a liderança do placar. A partir deste momento, o duelo ficou parelho, com os dois times se alternando na liderança. Porém, com bons desempenhos de André, Rogério e Drudi, o Basquete Cearense conseguiu segurar o bom momento dos adversários e foi para os vestiários com três pontos de vantagem: 51 a 48.

O alto nível prevaleceu na volta do intervalo. Depois de 20 minutos muito bem jogados, as equipes voltaram com o mesmo espírito para o terceiro período e a partida seguiu “lá e cá”. Foi então que brilhou a estrela de Nezinho. Inspirado, o armador brasiliense anotou incríveis 15 pontos na parcial e conseguiu colocar sua equipe em vantagem ao final do quarto. Mas, do outro lado os cearenses não abaixaram a cabeça e mantiveram a partida equilibrada. Com isso, o duelo chegou para seu último e decisivo período, com os atuais tricampeões do NBB na frente por apenas um ponto, 74 a 73.

As equipes caíram de produção no início da quarta parcial e passaram a errar mais do que acertar. Mesmo assim, os representantes de Fortaleza conseguiram abrir boa vantagem no placar (86 a 80), com pouco mais de três minutos para o fim do jogo. Porém, do outro lado estava Nezinho. O jogador converteu 11 dos últimos 13 pontos do Brasília e quase deu a vitória para os brasilienses. Isso porque André Góes resolveu roubar a cena. Com cinco pontos consecutivos nos últimos segundos, o ala cearense empatou o placar em 93 a 93 e levou o duelo para a prorrogação.

O tempo extra foi uma verdadeira batalha de nervos. Brasília chegou a abrir vantagem, mas os nordestinos rapidamente empataram e a decisão ficou para os instantes finais da partida. Mesmo com o trio Nezinho, Arthur e Cipriano fora com cinco faltas, a equipe visitante teve frieza no último minuto e conquistou sua 11ª vitória consecutiva na atual temporada do NBB.

Liga Nacional de Basquete
Fonte Liga Nacional de Basquete 27/02/2013 ás 9h

Compartilhe

NBB - Imparável